Home » Destaque, Notícias

Instituto Sea Shepherd Brasil apoia painel sobre tubarões na Feira de Ciências do Colégio São Bento, no Rio de Janeiro

5 setembro 2014

Durante os dias 19 a 23 de agosto de 2014, o Colégio São Bento (CSB), um dos mais tradicionais do Rio de Janeiro, promoveu a sua XXIX Feira de Ciências, com o tema “A presença das cores na vida”.

Separados em 43 stands, os alunos do CSB apresentaram diversos assuntos, como seres vivos, energia, solo, saúde, ar e curiosidades. Os trabalhos incentivam a pesquisa e, também, contam como avaliação para os alunos.

Stand dos alunos. Foto: Átila Mello

O Instituto Sea Shepherd Brasil, representado pelos voluntários do Núcleo RJ, participou do evento apoiando a iniciativa dos alunos Arthur Mello e Fábio Frazão, que apresentaram um belo e muito bem desenvolvido trabalho, abordando a necessidade de preservação dos tubarões.

Arthur e Fábio buscaram desmistificar a imagem do tubarão, um animal que ficou estigmatizado como um vilão, após a veiculação do filme “Tubarão” de Steven Spielberg.

Para tanto, montaram um stand onde exibiram vídeos com imagens da convivência pacífica entre mergulhadores e tubarões, apresentaram banners informativos com curiosidades sobre as principais espécies de tubarões existentes, além de um cação anjo, três cabeças e duas mandíbulas de tubarões capturados em pesca acidental, que foram uma grande atração para os visitantes.

Familiares com os alunos e representantes do ISSB

“Fins UP”, símbolo mundial contra o finning. Foto: Átila Mello

“Fomos convidados a participar da Feira de Ciências do CSB por Átila Mello, pai do aluno Arthur Mello e com grande satisfação, aceitamos. A escolha do tema “Tubarões” pelos alunos foi fundamental, pois a campanha de preservação e conscientização destes incríveis animais é uma das principais campanhas desenvolvidas pela ONG, no Brasil e no exterior. Átila é praticante de mergulho autônomo e já conhecia o trabalho de preservação e defesa do ambiente marinho desenvolvido pela Sea Shepherd” – comenta Luiz André Albuquerque, Diretor Regional do Núcleo Rio de Janeiro.

A XXIX Feira de Ciências do CSB teve a orientação da professora de Ciências, Beth Capdeville, que parabenizou a instituição pelo trabalho e por mais uma vez estar presente auxiliando os alunos (o ISSB já auxiliou alunos na feira realizada no ano de 2010) e contribuindo para informar o público presente sob como é fundamental a preservação dos oceanos.

Cabeças de tubarões e mandíbulas. Foto: Átila Mello

Visão geral da Feira de Ciências / Foto: Átila Mello

Infelizmente, o Brasil não possui uma legislação específica para a proteção da grande maioria das espécies de tubarões, salvo aquelas que já estão ameaçadas de extinção. Desde 2012, o Instituto Sea Shepherd Brasil busca junto ao governo brasileiro, a adoção de uma moratória das pesca de tubarões no litoral brasileiro pelo período de 20 anos.

Estatísticas da FAO (órgão das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura) estimam que cerca de 100 milhões de tubarões sejam mortos anualmente em todo o mundo, para consumo de sua carne, suas nadadeiras ou acidentalmente.

Apoie os esforços do Instituto Sea Shepherd Brasil na defesa e proteção dos tubarões. Assine a petição pública que visa pressionar o governo brasileiro a colocar o nosso pedido de moratória da pesca de tubarões em votação.

Acesse:

Campanha pela moratória da pesca de tubarões na costa brasileira

All Contents Copyright © 2012 Sea Shepherd Conservation Society.

produzido por dEx