colunas, Destaque, Na mídia, Notícias, Paul Watson

FELIZ ANO NOVO DE RENOVAÇÃO DO ATIVISMO

Uma mensagem do Capitão Paul Watson.

Hoje, 21 de dezembro, é o Solstício de Inverno (no hemisfério norte), dia em que considero ser o último dia do ano.

O ano de 2022 foi um ano de decepções, traições, traições e surpresas, mas também nos apresentou novas oportunidades, libertações e promessas.

Sim, a organização que criei há 45 anos foi tomada por pessoas inescrupulosas  internamente, que mudaram o curso para algo que nunca fomos e nunca deveríamos ser.

Sim, muitas das pessoas que fizeram isso foram consideradas por mim amigos confiáveis e leais. Sim, eles descartaram ou venderam a maioria de nossos navios e se afastaram das táticas e estratégias que se mostraram eficazes por tantos anos. Sim, eles decidiram se comprometer com os governos para serem menos controversos, menos conflituosos e menos interessantes. Sim, eles tomaram de nós a nossa imagem, o nosso dinheiro e nossos arquivos e sim, eles nos ameaçaram com ações judiciais o uso de marcas registradas que eles registraram secretamente de logotipos que eu criei, e o nome que estabeleci, que agora eles afirmam possuir.

Essa é a experiência negativa do ano passado.

Agora o positivo: Nos libertamos. Nós estamos livres. Estamos motivados e em nossa posse ainda estão nossa paixão, nossa coragem, nossa imaginação, nossa maneira de resolver as coisas e nossa determinação. Nesse sentido, estamos mais fortes do que nunca.

Já temos um novo navio e mais dois navios a serem adquiridos em 2023. Temos apoiadores leais e generosos conosco. Temos a tripulação: não qualquer tripulação, mas a melhor e mais leal tripulação. Agora não estamos sobrecarregados por burocratas, por maníacos controladores e por concessões. Os governos não ditam mais nosso comportamento.

Minha nova organização, a Fundação Capitão Paul Watson, foi registrada nos EUA e em breve será registrada na Austrália e em outros países.

Os países nos quais não seremos registrados são a França, o Reino Unido, o Brasil, o Canadá e a Hungria porque esses países escolheram permanecer fiéis e leais aos valores e estratégias tradicionais da Sea Shepherd. Esses países junto com a Fundação Capitão Paul Watson formaram a Sea Shepherd Origins.

A Sea Shepherd Origins irá para onde a Sea Shepherd dos EUA e a Sea Shepherd Global não desejam mais ou já temem ir. Irá se opor à matança de baleias, golfinhos, focas e tartarugas marinhas e enfrentar super navios de arrasto em alto mar. A Sea Shepherd Origins não está competindo com outros grupos da Sea Shepherd, estamos simplesmente fazendo o trabalho que eles não desejam mais fazer, usando métodos tradicionais que eles agora rejeitam. A Sea Shepherd Origins não fará parceria com nações que apoiam a caça japonesa de baleias, nações como Libéria, Tanzânia ou Benim ou nações como a Namíbia que praticam assassinatos em massa de focas.

Vejo 2023 como um ano de oportunidades para o ativismo. Depois de uma década de exílio forçado, é hora de arriscar tudo e ir para o mar mais uma vez, e mais uma vez comandar uma campanha em alto mar. É hora de começarmos a fazer ondas de novo.

Não podemos deixar mais nenhum homem na Islândia continuar a matança em série de baleias ameaçadas de extinção. Não podemos permitir que a matança em massa de golfinhos e baleias-piloto nas Ilhas Faroé continue. Não podemos permitir que a Noruega e o Japão continuem a matar baleias ilegalmente e de maneira impune. Devemos parar essas máquinas de destruição ecológica em massa – os super navios de arrasto que continuam seu massacre voraz de animais marinhos pelo mundo.

Aqueles que roubaram a nossa marca, agora fingem ter uma bandeira que não ousam mais hastear no mar para não ofender seus parceiros de governo, embora a usem para comercializar agressivamente mercadorias.

Para eles, nossa bandeira é um dispositivo de marketing. Para nós, é um símbolo do que de fato somos.

Então, sim, eles acham que possuem nossa bandeira, mas nós possuímos o que essa bandeira representa, e o que temos eles nunca podem registrar ou registrar os seus direitos autorais.

O espírito dessa bandeira Jolly Roger é nosso, e sempre será nosso, não importa qual bandeira nós hasteamos.

2023 é o ano em que recuperamos a nossa coragem, a nossa integridade e renovamos nossa paixão.

Feliz Ano Novo

Back to list

Related Posts

2 thoughts on “FELIZ ANO NOVO DE RENOVAÇÃO DO ATIVISMO

  1. Osvaldo Sagues disse:

    Pergunta: A Sea Shepherd Brasil está com os valores de Paul Whatson e Sea Shepherd Origin ou continua com a equipe que se desviou desses valores originais.

  2. Nathalie Gil disse:

    Sim, como explicamos no artigo, a Sea Shepherd Brasil está como parceira da Sea Shepherd Origins e seus princípios, e o capitão Paul Watson faz parte de nossa assembleia e contribui ativamente em nossas atividades no país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *