Notícias

Instituto Sea Shepherd Brasil – Núcleo RJ e projeto“BG 500” realizam evento em comemoração ao Clean Up The World 2013

No dia 21 de setembro, o núcleo carioca do Instituto Sea Shepherd Brasil (ISSB) e o Projeto BG 500, comandado por Ed Bastos, realizaram uma atividade de educação ambiental na Praia da Urca, no Rio de Janeiro.

Clean UP Praia da Urca - Foto: Celso Leite

 

O dia ensolarado e o ambiente agradável do bairro da Urca formaram o cenário perfeito para a realização do “Clean Up The World”, evento mundial que acontece todo ano, na terceira semana de setembro e busca a conscientização da sociedade para a necessidade de preservação do meio ambiente.

Um grupo de 08 mergulhadores iniciou o trabalho de limpeza subaquática partindo do píer localizado no final da Urca, percorrendo todo o costão direito até a praia, realizando a coleta de resíduos sólidos, flutuantes e de fundo da baía.

Clean Up Sea Shepherd - Foto: Taynara Franco

Ao mesmo tempo, voluntários do ISSB participavam de uma coleta de resíduos no espelho d´água, que para surpresa de muitos, estava mais limpo do que costumamos encontrar nas atividades realizadas em meses passados na localidade.

Clean Up Sea Shepherd - Foto: Celso Leite

 

A atividade de educação ambiental movimentava a tenda do ISSB, onde as crianças aprendiam através de jogos, pinturas e desenhos, a importância dos animais marinhos para o nosso ecossistema.

O Projeto BG 500 sensibilizava a criançada e os adolescentes realizando o trabalho de educação ambiental, apresentando os impactos que causamos por descuido ou falta de informação.

Ed Bastos BG500 - Foto: Celso Leite

Ed Bastos, criador do projeto, é um parceiro comprometido e dedica seus dias a atividade de educação ambiental. Ed faz um trabalho único, com habilidade demonstra com os seres marinhos necessitam de seu habitat sem poluição.

Foram recolhidas garrafas plásticas, latas de refrigerantes, embalagens de alimentos, recipientes de cosméticos e todo tipo de lixo produzido no ambiente doméstico, além dos equipamentos de pesca descartados por embarcações e pescadores amadores de finais de semana.

Ed Bastos BG500 - Foto: Luis Fernando Faulstich Neves

Após cada coleta, os resíduos são levados para recipientes plásticos, onde passam por uma triagem e os micro-organismos encontrados (siris, camarões, poliquetas, etc) são separados e devolvidos ao ambiente marinho. Após a análise do material, foi realizada a pesagem do lixo recolhido, tanto nas areias da praia quanto no mar, totalizando 92 kg de resíduos sólidos que estavam causando um impacto negativo no meio ambiente terrestre e aquático.

92 Kg de Lixo - Foto: Raphael Jordão

 

Agradecemos a Mergulho Carioca, operadora de mergulho, por todo o apoio e suporte oferecido para que a atividade subaquática fosse realizada com sucesso e aos voluntários do Núcleo RJ pelo belíssimo trabalho neste evento !

Voluntários Sea Shepherd - Foto: Raphael Jordão

Back to list

Related Posts