Notícias

A matança começou nas Ilhas Faroé

news_110408_1_3_Slaughter_has_begun_0070Os carniceiros bárbaros do Protetorado dinamarquês das Ilhas Faroé começaram sua matança medonha mais cedo este ano, com o sangrento abate de 60 baleias-piloto indefesas. Em um mundo no qual nações civilizadas ajudam no resgate de baleias encalhadas, o único lugar do planeta que não demonstra nenhuma misericórdia é este grupo de ilhas situadas entre a Escócia e a Islândia.

A Sea Shepherd Conservation Society irá com seus navios para as Ilhas Faroé este ano,  para mais uma vez intervir na defesa das baleias de bandidos que cortam, esfaqueiam e golpeiam socialmente estas criaturas complexas, lindas e sensíveis.

Todavia, nem todos das Ilhas Faroé são impiedosos. Algumas poucas almas bravas estão falando em oposição aos seus sádicos compatriotas, e um de nossos adeptos nas Ilhas Faroé enviou-nos as fotos desta atualização nesta manhã. A pessoa que enviou as fotos comentou: “Eu desejo que a Sea Shepherd esteja aqui. A matança não foi rápida e algumas baleias levaram de um a dois minutos para morrer… terrível de ver”.

news_110408_1_2_Slaughter_has_begun_0069A Sea Shepherd foi às Ilhas Faroé no passado, mas desta vez nós retornaremos mais fortes, melhor equipados, e mais experientes, e nós agora estamos com uma tecnologia que irá servir bem às baleias neste ano. Entretanto, até que nossos navios possam chegar nas costas encharcadas de sangue das Ilhas Faroé, os carniceiros terão um livre reinado para atormentar e infligir um vicioso massacre em famílias inteiras de dóceis e maravilhosos cetáceos.

As Ilhas Faroé recebem todas os benefícios da União Europeia, mas se consideram isentos das leis da União Europeia. A matança às baleias-piloto é uma violação da Convenção de Berna. A Islândia não pode entrar na União Europeia até que parem de matar baleias, enquanto às Ilhas Faroé é dada uma isenção pela Dinamarca. A Sea Shepherd Conservation Society tem unido forças com a Fundação Brigitte Bardot, na Europa, para colocar as Ilhas Faroé dentro das submissões das leis da Europa.

Neste verão, a Sea Shepherd estará nas águas das Ilhas Faroé. Nós estaremos nas praias e estaremos no ar. Nós seremos ativos na Dinamarca e pretendemos criar uma controvérsia que irá ser divulgada ao redor do mundo. Pretendemos dar fim à essa carnificina ilegal.

news_110408_1_4_Slaughter_has_begun_0072Nas Ilhas Faroé há pessoas gentis e inteligentes que tiveram que engolir a vergonha deste massacre por anos, que têm tido medo de falar devido à ameaça dos covardes que torturam e matam as baleias. Esta é a hora de confrontar estes covardes e esta é a hora de retornar às praias obscenamente sangrentas das Ilhas Faroé para enfrentar esses bandidos, que se deleitam gabando-se em como “Deus” deu-lhes a “função” ou o “direito” de nadar no sangue das baleias, rasgar os fetos dos corpos de suas mães e cortar, esfaquear, e golpear estas magníficas e gentis criaturas até a morte. Eles chamam sua matança de “presente de Deus”.

O único problema é que o único Deus que poderia tolerar tal horror é Satanás, e as Ilhas Faroé parecem servir ao seu Deus do mal, com todas as devoções assassinas de seitas que têm anulado a decência comum e misericórdia em nome de uma bárbara tradição que não tem lugar no século 21, nem lugar em uma sociedade civilizada, e certamente não tem lugar na União Europeia.

Traduzido por Bruna Vieira, voluntária do ISSB.

Back to list

Related Posts