Home » Destaque, Notícias

“Japan Dolphins Day 2014” é realizado no Rio de Janeiro

10 setembro 2014

O Núcleo Carioca do Instituto Sea Shepherd Brasil (ISSB) organizou no dia 01 de setembro, um ato pacífico do “Japan Dolphins Day 2014” em defesa dos golfinhos em Taiji, em frente ao Consulado do Japão – Praia do Flamengo.

Participantes do JDD 2014. Foto: Ísis Barboza

O “Japan Dolphins Day” (Dia dos Golfinhos do Japão) é um dia internacional de ação que ocorre no primeiro dia do ínicio da temporada de caça de golfinhos em Taiji, unindo indivíduos, ativistas e organizações, em várias cidades do Planeta, visando dar voz sobre o abate de golfinhos, bem como mostrar a estreita relação entre a atividade de caça e a indústria global de cativeiro, que lucra com a vida destes seres sencientes.

Preparação para o ato em frente ao Consulado do Japão. Foto: Ísis Barboza

A manifestação teve o objetivo de mostrar o repúdio com o que acontece na pequena cidade de Taiji, no Japão, como pode ser visto no filme “The Cove”, vencedor do Oscar 2010 de melhor documentário. Milhares de golfinhos e baleias-piloto são capturados e mortos todos os anos, durante a temporada de caça que dura sete meses (de setembro à março), para abastecer a indústria do entretenimento, pois os animais que estão com uma boa saúde e são considerados os mais bonitos, são aprisionados e enviados para parques aquáticos de todo o mundo, como o SeaWorld, o Marineland, etc.

Pedestre manifesta seu apoio. Foto: Ísis Barboza

Durante todo o tempo, empunhando cartazes com frases contra a atividade de caça, o ato chamou atenção de transeuntes e de funcionários do Consulado. Três frentes de ação buscavam conscientizar as pessoas para não visitarem parques marinhos e a se juntarem na campanha global contra a caça desses animais.

Integrante do Consulado japonês surpreendido com a manifestação. Foto: Ísis Barboza

Integrante do Consulado japonês surpreendido com a manifestação. Foto: Ísis Barboza

Integrante do Consulado japonês surpreendido com a manifestação. Foto: Ísis Barboza

Os “Cove Guardians” (Guardiões da Enseada), ativistas-voluntários da Sea Shepherd de várias nacionalidades, já se encontram na cidade de Taiji, para juntamente com outros ativistas, documentar e mostrar ao mundo o massacre que é cometido pelos caçadores e os treinadores do Dolphin Base e do Dolphin Resort.

É importante notar que a maioria dos japoneses não sabem que a caça de golfinhos ocorre, não comem carne de golfinho e, quando lhes é mostrado o vídeo da caça, eles ficam revoltados com a matança. O “Japan Dolphins Day” insta o governo japonês para pôr fim ao massacre por completo, e trabalha para educar os cidadãos japoneses sobre a caça, os perigos tóxicos associados à ingestão de carne de golfinho, bem como apresenta alternativas financeiras e de emprego para os caçadores, como o turismo de observação de golfinhos. Queremos trabalhar com o povo japonês, e não contra eles, para pôr fim ao abuso horrível.

Não iremos parar até que essa crueldade acabe.

Término do JDD 2014, com o Pão de Açúcar ao fundo. Foto: Ísis Barboza

Assista o vídeo:  

All Contents Copyright © 2012 Sea Shepherd Conservation Society.

produzido por dEx