Cação é Tubarão, Destaque, Global, Notícias, Tubarões

Tubarões não são assassinos. Pessoas que matam tubarões são.

Tubarão

Quando se trata de causas de morte, os tubarões estão longe de ser os principais causadores, ficando no final dessa lista.

Texto do fundador da Sea Shepherd, Capitão Paul Watson

Tubarões

Suas chances de morrer em um carro, ser baleado na rua, ser atingido por um raio ao jogar golfe, escorregar na banheira ou morrer de intoxicação alimentar em um restaurante são muito maiores.

No quesito reino animal, há muitos outros animais (especialmente os mosquitos) que são mais prováveis de atacar e matar um ser humano do que um tubarão. Ainda assim, nenhum animal é mais perigoso do que o animal humano.

Então, por que toda a histeria sobre os tubarões?

Os três principais culpados são: 1) a mídia; 2) políticos oportunistas; e 3) surfistas desavisados e pescadores com arpão.

A mídia começou a difamar os tubarões com aquele filme abominável de Steven Spielberg, Tubarão. Esse filme semeou dezenas de filmes B anti-tubarão e levou a retratos imprecisos e demonizantes de tubarões na televisão.

Os políticos, sempre rápidos em controlar os medos do público, aproveitam a histeria como uma forma barata de se fazerem parecer como defensores dos seus cidadãos mais crédulos contra monstros. Essa forma de comportamento dos políticos remonta aos dias da matança de dragões e até mesmo às cruzadas contra os lobos.

E agora temos os balidos covardes de uma minoria muito pequena de surfistas que querem que os tubarões sejam eliminados, então eles não precisam se preocupar com o fato de que suas pranchas e seu comportamento tendem a atrair os tubarões já que se parecem com comida desses animais, focas por exemplo. Da perspectiva de um tubarão sobre a superfície, um surfista em uma prancha definitivamente se parece com uma foca.

Os verdadeiros surfistas não são o problema. Eles entendem a situação e percebem que quando alguém se aventura no mar, é bom tomar alguns cuidados, como não surfar em áreas em determinada época do ano ou hora do dia em que os tubarões procuram comida. Também não usam relógios brilhantes, maiôs ou pranchas brancas.

Quanto aos pescadores com arpão, o peixe morto, recém arpoado, pode ser um ímã para os tubarões, que procuram presas fáceis.

O verdadeiro milagre de tudo isso é quão poucos ataques de tubarão realmente acontecem, considerando as dezenas de milhões de pessoas que surfam, nadam, pescam e mergulham no mar.

A razão para isso é que os tubarões simplesmente não atacam naturalmente os seres humanos e a maioria dos ataques de tubarão são simplesmente casos de identidade equivocada.

E por causa disso, o surfe e a pesca submarina são na verdade mais seguros do que jogar golfe, onde mais jogadores morrem a cada ano por causa da queda de raios no campo do que surfistas por ataques de tubarão.

Eu nadei, surfei e mergulhei com tubarões, incluindo tubarões-brancos, tubarões-martelo, tigres, touros e azuis, entre outros. Nunca fui ameaçado. Eu tive tigres em volta de mim e grandes brancos me lançaram um olhar curioso, mas nenhuma vez eu senti que minha vida estava em perigo.

Mergulho em rota de tubarões. Foto: Kadu Pinheiro

Mas, mesmo que fosse, compartilho da posição que meu amigo Kelly Slater mantém, de que o mar é o lar dos tubarões e não cabe a nós invadir e depois reclamar. 

Pois a verdade é que os tubarões são essenciais para a saúde e o bem-estar dos ecossistemas oceânicos. Precisamos de tubarões para manter essa saúde e bem-estar, pois a perda do tubarão em nosso oceano terá consequências muito graves e essas consequências impactarão negativamente a humanidade.

Por que houve um ligeiro aumento nos ataques de tubarão nos últimos anos? 

As razões são muitas e quase todas causadas pelo homem. A Austrália Ocidental envia centenas de milhares de ovelhas e vacas vivas para a Ásia todos os anos e essas embarcações de gado derramam sangue, urina e fezes nas águas e atiram centenas de corpos de animais mortos também ao mar, atraindo tubarões. As pessoas costumam ignorar os avisos nas praias. E provavelmente o fator mais significativo de todos é que os humanos estão esgotando os peixes do oceano e isso está fazendo com que os tubarões se aventurem em direção à costa em busca de comida; ainda assim, o número de ataques de tubarões é notavelmente baixo.

A maioria dos ataques de tubarão resulta da ignorância humana e da degradação dos ecossistemas oceânicos. Logo, o problema não está no tanto que tubarões matam pessoas. O problema são pessoas ignorantes que matam tubarões.

Texto do fundador da Sea Shepherd, Capitão Paul Watson

Junte-se a nós

Ajude-nos a defender os tubarões contra a pesca ilegal.

Back to list

Related Posts