Destaque, Global, Notícias

Campanha internacional Shark Defence da Sea Shepherd Global chega no Brasil para proteger os tubarões de Fernando de Noronha

Campanha internacional Shark Defense da Sea Shepherd Global chega no Brasil para proteger os tubarões de Fernando de Noronha

Fernando de Noronha é um dos destinos turísticos mais famosos e desejados por muitos brasileiros. Conhecido por sua beleza incomparável, o arquipélago abriga uma das mais ricas e preservadas diversidades de animais marinhos do Brasil. O que poucas pessoas sabem é que Fernando de Noronha também é um dos raros locais ainda protegidos para os tubarões no Brasil.

Esse refúgio no meio do Oceano Atlântico é uma área prioritária para a conservação desses grandes predadores. Isso porque a região serve como área de berçário, reprodução e alimentação para mais de cinco espécies ameaçadas de extinção e altamente exploradas pela pesca, incluindo o tubarão-limão (Negaprion brevirostris), tubarão-lixa (Ginglymostoma cirratum), tubarão-de-recife (Carcharhinus perezi), tubarão-tigre (Galeocerdo cuvier), e tubarão-lombo-preto (Carcharhinus falciformis).  Porém, esse refúgio pode estar em perigo. 

Em julho deste ano, o Conselho Distrital de Fernando de Noronha propôs que seja considerada a realização do manejo de tubarões que, na prática, significa o abate desses animais – destacamos que se tratam de unidades de conservação onde eles deveriam ser protegidos. A justificativa para esta atividade é o controle populacional dos tubarões e redução de riscos aos turistas.

Há uma extensa literatura no mundo científico, e exemplos em diversas ilhas oceânicas e áreas costeiras que praticaram ações de mitigação de incidentes com tubarões ao redor do mundo, que comprovam que a prática de abate de tubarões não é em nada eficaz para evitar futuros incidentes.

A Sea Shepherd se pronuncia completamente contra o abate de tubarões sob qualquer justificativa, e se compromete a proteger estas espécies no maior refúgio do Brasil com uma grande notícia.

Neste Dia Internacional para a Conscientização sobre Tubarões – dia 14 de julho de 2022 – lançam em nosso país, a sua campanha internacional Shark Defence, que além de atuar pela defesa dos tubarões em várias partes do mundo, agora vai focar também em Fernando de Noronha.

Como uma primeira etapa, a Sea Shepherd Brasil já iniciou uma pesquisa social a nível nacional para entender a percepção dos brasileiros sobre incidentes com tubarões, com o intuito de avaliar o quanto isso pode influenciar o turismo na ilha e medidas de mitigação.

Resultados preliminares dessa pesquisa realizada, em parceria com a HSR Specialist Researchers em julho de 2022, revelaram que 95% dos brasileiros rejeitam o abate de tubarões como solução para evitar incidentes na ilha. Por outro lado, 62% dos brasileiros apoiam educar os turistas e 59% apoiam o monitoramento de praias com uso de drones e câmeras como medidas aceitas para evitar mais incidentes.

Com base nestas informações, conclui-se que uma abordagem através da conscientização e sensibilização é a mais adequada e promissora para essa problemática atual. 

Também como parte da campanha Shark Defence, a Sea Shepherd Brasil, com apoio do Parnamar (Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha) propõe realizar como próximo passo uma pesquisa social em nível local com residentes e turistas. Ainda serão realizados cursos de capacitação para condutores, produção e transmissão de documentários, conteúdo informativo e material educativo, palestras, webinars e workshops remotos e presenciais. 

É esperado que as atividades educativas promovam uma discussão aberta ao público geral sobre o real impacto e ações de mitigações de fato eficazes para evitar incidentes com tubarões e sobre a importância desses animais para o ambiente marinho, assim como a importância do Arquipélago para sua conservação.

A Sea Shepherd Brasil  ainda propõe a médio prazo a condução de um estudo científico para investigar e monitorar a distribuição e abundância de tubarões no arquipélago e arredores e sugere aumentar a extensão da área protegida. Tal estudo ainda está sendo planejado por pesquisadores da Sea Shepherd junto a experts do setor e equipe do ICMBio Noronha. 

Tubarão

Vale relembrar que todas as espécies de tubarões encontradas em Fernando de Noronha estão em declínio em sua distribuição, e para várias delas, o Arquipélago é o único local onde ainda são abundantes. Proteger os tubarões é essencial para a saúde do oceano e também para resguardar a sociedade de Noronha, cuja base é o ecoturismo.

Back to list

Related Posts