Notícias

A Fera se transforma em Bela quando o Godzilla se transforma em Brigitte Bardot

O rápido navio interceptador e batedor, Gojira (Godzilla), da Sea Shepherd Conservation Society, ajudou a expulsar a frota baleeira japonesa do Santuário das Baleias do Oceano Antártico no início desse ano. Foi bastante engraçado ver a mídia japonesa relatando que a frota baleeira estava fugindo do Godzilla. Mas por mais assustador que seja o Godzilla, há uma coisa bem mais assustadora – advogados do Godzilla.

Brigitte Bardot no estaleiro. Foto: Libby Miller

Brigitte Bardot no estaleiro. Foto: Libby Miller

A Sea Shepherd foi intimada com um aviso para retirar este nome do nosso navio. Isso não é realmente um problema já que o Gojira atendeu ao seu propósito ao expulsar a frota japonesa, portanto ele pode perfeitamente aposentar este nome. Enquanto isso, o fundador da Sea Shepherd, Capitão Paul Watson, fez uma proposta para a Fundação Brigitte Bardot para renomear o navio de Brigitte Bardot, em homenagem à dedicada ativista de direitos animais. O relacionamento entre Brigitte e Paul vem desde 1977, quando o Capitão Paul Watson levou Brigitte Bardot para o gelo, próximo à costa de Labrador, para posar com uma foca bebê.

news_110525_1_02_Beast_transforms_into_beauty_0999Com aquela foto icônica, Brigitte Bardot trouxe a atenção do mundo para esta causa, e para a necessidade de proteger as focas, um ponto crucial na luta para acabar com a crueldade e o assassinato em massa que acontece todos os anos no Canadá.

A Sea Shepherd e a Fundação Brigitte Bardot vem trabalhando em parceria há muitos anos, recentemente se unindo em um esforço para acabar com a chacina de baleias-piloto nas Ilhas Faeroe, na Dinamarca.

E assim, a recentemente pintada Brigitte Bardot é agora parte da frota da Sea Shepherd, se unindo ao Steve Irwin e ao Bob Barker nas nossas constantes campanhas para defender a vida nos nossos oceanos contra exploração ilegal da pesca predatória.

O Capitão Albert Falco, o legendário oceanógrafo da Sociedade Cousteau, quebrou uma garrafa de champagne na proa do Brigitte Bardot para oficialmente lançar o navio com seu novo nome. A cerimônia foi acompanhada por tripulantes e membros da Sea Shepherd, ao lado de membros da Fundação Brigitte Bardot e da mídia.

Albert Falco quebra uma garrafa de champanhe na proa. Foto: Libby Miller

Albert Falco quebra uma garrafa de champanhe na proa. Foto: Libby Miller

“É um belo navio, com um belo nome, e é uma embarcação que irá refletir a compaixão de Brigitte Bardot em parceria com as vigorosas táticas de ação direta intervencionista da Sea Shepherd,” disse o Capitão Watson.

Brigitte Bardot não compareceu pessoalmente, mas participou do lançamento com o Capitão Watson lhe descrevendo a cerimônia em tempo real. Ela disse ao Capitão Watson que estava “alegre… e você e sua tripulação aquecem meu coração com sua coragem e dedicação”.

O Brigitte Bardot irá para águas libanesas dentro de uma semana, para localizar pescadores ilegais de atum-azul, que se aproveitam da zona de guerra para explorar ilegalmente estes peixes ameaçados. O Brigitte Bardot será acompanhado nessa campanha pelo navio-capitânia da Sea Shepherd, Steve Irwin.

Carta para Paul Watson de Brigitte Bardot:

Caro Paul,
“Capitão do meu coração.”
Estou comovida, espantada e infinitamente agradecida por este maravilhoso “salvador dos mares” usar meu nome para lutar contra aqueles que se permitem matar aquilo que é mais precioso nos oceanos.
Obrigada Paul por essa mágica idéia que me enche de orgulho.
Juntos iremos vencer!
Você é a força e a coragem, eu sou o amor e a determinação.
Que o Brigitte Bardot guiado por Paul Watson seja um símbolo de vitória.
Eu te amo.
Brigitte

Traduzido por Marcelo C. R. Melo, voluntário do ISSB.

Back to list

Related Posts