Home » Notícias

Sea Shepherd lança Operação Tolerância Zero

6 novembro 2012

O Steve Irwin partiu de Williamstown, na Austrália, em campanha histórica em defesa das baleias

Steve Irwin parte na Austrália. Foto: Sea Shepherd

Na manhã de 05 de novembro, o capitão Siddharth Chakravarty navegou o navio Steve Irwin, da Sea Shepherd, de Seaworks, em Williamstown, na Austrália, para lançar a Operação Tolerância Zero, a nona Campanha em Defesa das Baleias na Antártida da Sea Shepherd Conservation Society. O navio Steve Irwin da Sea Shepherd é emblemático.

Chakravarty é um jovem marinheiro de Maharashtra, na Índia, e esta será sua segunda Campanha em Defesa das Baleias na Antártida com a Sea Shepherd. “O objetivo é levar ao fim a caça de baleias. Queremos parar permanentemente a caça ilegal de baleias no Santuário de Baleias do Oceano Antártico, que é protegido por uma moratória internacional”, disse ele.

O Capitão do Bob Barker, o capitão Peter Hammarstedt, declarou: “O plano é que a nossa frota encontre a frota baleeira no Pacífico Norte, fora do Japão. Estamos planejando levar a batalha praticamente até ao Japão em si. Estamos mantendo o local e a identidade do nosso novo navio, o Sam Simon, em segredo, na esperança de que a primeira vez que os baleeiros vejam o Sam seja quando ele entre em ação na rampa de lançamento do navio-fábrica, o Nisshin Maru, fechando efetivamente as suas operações baleeiras ilegais”.

Atualmente atracado na Marina del Rey, na Califórnia, em sua primeira viagem para os EUA, o navio olheiro rápido, o Brigitte Bardot, partirá em 11 de novembro e rapidamente se encontrará com o restante da frota da Sea Shepherd.

Hammarstedt também disse: “espera-se que o fundador e presidente da Sea Shepherd, o Capitão Paul Watson, apareça no comando de um dos navios quando a ação começar”. O Capitão Watson está em um local não revelado desde 22 de julho, quando ele perdeu sua fiança e partiu da prisão domiciliar na Alemanha, para evitar ser extraditado por acusações falsas para a Costa Rica e Japão.

O diretor australiano Jeff Hansen declarou: “Esta é a nossa maior frota até o momento, com quatro navios e mais de 100 tripulantes internacionais representando 23 países para defender o Santuário de Baleias do Oceano Austral. A Operação Tolerância Zero será a melhor campanha equipada e mais eficaz da Sea Shepherd. Esta data é um momento decisivo na história da Sea Shepherd, não temos nenhuma tolerância com os caçadores de baleias. Nosso objetivo este ano é 100%. Estamos indo para tentar interceptá-los o mais rápido possível, e tentar fazer deste o primeiro ano em que obteremos zero mortes”.

“Nós nunca estivemos tão fortes, e os baleeiros japoneses nunca estiveram tão fracos, precisamos tirar partido dos nossos pontos fortes e de suas fraquezas, e precisamos levar esta campanha de volta para casa – para o Japão”, disse o Capitão Watson.

Traduzido por Raquel Soldera, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil

All Contents Copyright © 2017 Sea Shepherd Conservation Society.

produzido por GPS Digital
EnglishFrançaisDeutschPortuguêsEspañol