Notícias

Alemão é libertado da prisão em Shingu, no Japão

Nils Greskewitz. Foto de arquivo

Depois que sua família pagou uma multa e os custos para reparar a estátua quebrada, Nils Greskewitz foi liberado dia 26 de outubro da prisão em Shingu, no Japão. Ele recolheu seus pertences pessoais e se dirigiu para o aeroporto, para voltar para casa.

Nils estava em Taiji, no Japão, como voluntário na campanha Guardião da Enseada, da Sea Shepherd Conservation Society. Durante uma pausa na matança de golfinhos, Nils subiu em uma estátua no Museu da Baleia e, inadvertidamente, danificou a estátua representando um homem com um arpão. O arpão dobrou. Todos nós reconhecemos, inclusive Nils, que esta não foi a coisa mais inteligente que ele poderia ter feito, e que suas ações estavam claramente fora do âmbito da campanha. O arpão dobrado não foi uma brincadeira, mas simplesmente o resultado de um lapso momentâneo de julgamento. Quem teria pensado que isso poderia ter resultado na prisão de Nils por 18 dias?

Mas claro que a polícia da Prefeitura de Wakayama reagiu além do normal. Não nos esqueçamos de que Erwin Vermuelen ficou preso por mais de 60 dias sob falsas acusações há menos de um ano. A polícia prendeu Nils e o levou para a prisão. Em pouco tempo, a polícia invadiu os veículos e quartos do hotel dos outros Guardiões da Enseada. Câmeras, telefones e computadores foram apreendidos. Aparentemente, eles estavam investigando para determinar se o arpão dobrado tinha sido uma conspiração. Vamos lá, se não afundamos barcos ou cortamos redes, por que dobraríamos uma estátua? Mesmo o mais novato iria ver o que era – um acidente. Não, a polícia optou por usar esta oportunidade para confiscar o nosso equipamento, na esperança de nos deter. Eles queriam intimidar os voluntários e assustá-los. Seu plano não funcionou, mas mostra que a polícia de Taiji está desesperada, e que é um lugar perigoso para nossos voluntários.

A polícia fracassou em suas tentativas de nos intimidar e nos deter. Sua última tentativa de fazê-lo foi danificar nosso equipamento. Eles prometeram que nosso equipamento seria devolvido em um algumas semanas. Mas graças à generosidade de apoiadores dos Guardiões da Enseada ao redor do mundo, dentro de 24 horas adquirimos equipamentos novos e melhores para substituir os itens apreendidos. Na verdade, substituir o nosso equipamento é, de fato, o melhor a fazer em casos como este, não só para evitar a interrupção dos relatórios sobre as capturas de golfinhos e de abate, mas também para garantir a segurança das nossas comunicações. Como exemplo, a líder dos Guardiões da Enseada, Melissa Sehgal, relatou que o seu laptop levado pela polícia tinha sido desmontado e quebrado. Desde então, foi substituído, graças a você! É o novo equipamento que está permitindo a transmissão ao vivo de Taiji. A polícia realmente odeia que agora temos essa capacidade. Talvez eles vão fazer outra coisa no seu modo de reagir exageradamente, que nos permitirá fazer ainda mais.

Scott West
Coordenador da Campanha Guardião da Enseada

Traduzido por Raquel Soldera, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil

Back to list

Related Posts