Destaque, Notícias

Instituto SeaShepherd Brasil participa de mutirão de educação ambiental na Ilha do Governador/RJ

No dia 19 de abril de 2015, voluntários do Núcleo Rio de Janeiro do Instituto Sea Shepherd Brasil participaram de uma ação do “Programa de Voluntário Ambiental na Ilha do Governador”, promovida pelo Projeto Hippocampus, que completa 20 anos de pesquisa e atuação na conservação dos cavalos-marinhos brasileiros, este ano de 2015.

Foto: Núcleo RJ ISSB

O objetivo: um mutirão para retirada do lixo doméstico, como plásticos de todos os tipos, pneus, colchões, botijões de gás, garrafas, copos e tudo o que prejudica a fauna e a flora e conscientizar as pessoas para a importância da conservação do ambiente marinho, através de práticas de Educação Ambiental.

A ação aconteceu na praia da Engenhoca, Ilha do Governador. Esta praia foi escolhida, pois é o principal ponto de pesquisas do projeto e recentemente sofreu um grave impacto ambiental, divulgado em rede nacional, decorrente do lançamento de efluente em nível nove vezes acima dos limites estabelecidos pela legislação ambiental na Baía de Guanabara.

Foto: Núcleo RJ ISSB

Foto: Núcleo RJ ISSB

Foto: Núcleo RJ ISSB

Em decorrência deste crime ambiental, o Instituto Estadual de Ambiente do Rio de Janeiro (INEA) multou a fábrica de lubrificantes Cosan, em R$ 35 milhões. A empresa já havia sido multada em 2013 e autuada no ano passado pelo mesmo problema.

O mutirão contou com a participação alunos do curso de Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas do Curso de Ciências Biológicas da Universidade Iguaçu (UNIG), assim como os alunos do curso de Pós Graduação em Biologia Marinha e Conservação do Meio Ambiente, de frequentadores da praia, e teve o apoio da Sub-prefeitura da Ilha do Governador, da Companhia de Limpeza Urbana (COMLURB) e do Iate Clube Jequiá, com um total estimado de 250 participantes.

Foto: Núcleo RJ ISSB

Foto: Núcleo RJ ISSB

Coube aos voluntários do Instituto Sea Shepherd Brasil trabalhar na triagem dos resíduos sólidos recolhidos, realizando o resgate de fauna marinha, visando devolver à Baía de Guanabara, toda a vida que se encontrava impactada pelo lixo.

Segundo dados da Comlurb (Companhia de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro) foram retirados da areia e das águas da Praia da Engenhoca, aproximadamente 07 (sete) toneladas de lixo.

Foto: Núcleo RJ ISSB

Moradores da região ficaram impressionados com a grande quantidade de detritos recolhidos, satisfeitos com a iniciativa da ação e agradeceram a realização da ação ambiental.

Ao final do evento, realizamos um simbólico gesto de repúdio ao comportamento da empresa Cosam, estendendo uma faixa em frente a sede da fábrica.

Agradecemos o convite do professor e biólogo marinho Cesar Bernardo para participar deste evento em defesa da vida marinha e desde já, convidamos todos a participarem da próxima ação ambiental, a realizar-se no dia 30 de maio, na Praia da Bandeira, na Ilha do Governador.

Fotos: Núcleo RJ ISSB

Foto: Núcleo RJ ISSB

Foto: Núcleo RJ ISSB

 

 

Back to list

Related Posts