Operação Ondas Limpas no Rio de Janeiro

Em 25 de maio a Sea Shepherd Brasil no Rio de Janeiro fez mais uma ação de limpeza
na praia da Urca. A atividade foi em conjunto com BG500 para a retirada de lixo
flutuante e começar o treinamento de resgate de fauna que se associa ao lixo marinho.

Essas atividades fazem parte da Operação Ondas Limpas que tem como objetivo
principal de livrar o oceano do lixo que produzimos além de resgatar os animais
alojados nele.

 

Algumas espécies de crustáceos resgatados, entre 350 a 400. Indivíduos.
Moluscos em torno de 70, Poliquetas em torno de 60, Planárias menos de 10, 2 peixes

A imagem mostra a estação de triagem e descanso dos animais resgatados. Voluntária fazendo a separação dos organismos seguindo a tabela de compatibilidade entre os animais marinhos mais frequentes.

 

Caixa de entrada de material a ser triado. Maria, uma das crianças que acompanha as ações do BG500.

 

Os dados são alarmantes, mais de 1 milhão de aves e 100 mil animais marinhos morrem todos os anos por ingerir estes resíduos tóxicos numa morte lenta e dolorosa por fome. Mais de 50% das tartarugas marinhas de todos os oceanos já ingeriram plástico e outros detritos despejados por humanos. A chave está na mudança de atitude. Mude seus hábitos!

Pelos oceanos.

Sea Shepherd Brasil

 

Design-thinking na Avenues São Paulo: em defesa dos oceanos

Em 20 de maio de 2019, a Sea Shepherd foi convidada pela Avenues São Paulo para um evento de design-thinking. Um grupo de estudantes de 9º e 10º ano, envolvido em um projeto de conservação marinha, foi apresentado aos desafios enfrentados pela organização em seu trabalho de proteção dos oceanos. O grupo identificou como fundamental o desenvolvimento de um site que fosse mais eficaz na comunicação de nossos esforços e conquistas. No momento, os estudantes estão trabalhando em uma solução prática para o problema, que será apresentada para a Sea Shepherd no início de junho.
Pelos oceanos!

Operação Ondas Limpas – Praia de Leste PR

No último domingo (26/05) foi realizada uma limpeza de praia do núcleo Paraná da Sea Shepherd Brasil, na Praia de Leste em Pontal do Paraná, como parte da #OperaçãoOndasLimpas.

 

Foi uma ação que durou 3 horas e mesmo com um pequeno número de voluntários, conseguimos tirar uma boa quantidade de lixo da praia.

Os principais itens encontrados foram os diversos tipos de plásticos, como copinhos, sacolas, embalagens de alimentos, garrafas PET, canudos, tampinhas, brinquedos de criança e petrechos de pesca. Além disso, também foram encontradas latinhas de cerveja e refrigerante, roupas, calçados, pedaços de isopor, isqueiros, velas, garrafas de vidro e, inclusive, um pedaço de uma placa de computador.

Como sempre, o item mais numeroso foram as bitucas de cigarro, com um total de 443 unidades. Os outros dois itens mais numerosos foram tampas de garrafa (156) e garrafas PET (32). Todo o material retirado da praia totalizou 36 kg de lixo.

Pelos oceanos.

Sea Shepherd Brasil Paraná

 

 

 

Empty The Tanks – Esvaziem os tanques!

 
No dia 11/05 aconteceu o evento Empty the Tanks 2019 em Santos-Sp com ativistas e simpatizantes.
 
Esse encontro no Museu de Pesca reforçou a urgência de acabar com a indústria do cativeiro em parques aquáticos.  
O movimento está na mão de cada um de nós, na decisão de NÃO comprar ingressos de parques aquáticos. NÃO sustentar o horror e a captura que resultam em cativeiro e escravidão, principalmente dos golfinhos de Taiji do Japão para o mundo do entretenimento. 
 
Assista ao vídeo sobre o assunto em 
 
[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Mw1HXFtMj_I&t=1s[/youtube]
 
#seashepherdbrasil #emptythetanks #vivabaleiasegolfimhosecia #liberdade #pelosoceanos #nãocompreingressos

Operação Ondas Limpas na Praia de Pitangueiras – Guarujá /SP

 
 
No mês de lançamento da Operação Ondas Limpas da Sea Shepherd Brasil voluntários reuniram-se para mais um dia de ação em São Paulo, Guarujá, na Praia de Pintagueiras no último sábado 27 para um dia de educação ambiental e limpeza de micro lixo.
 
 
 
Com a presença de voluntários e simpatizantes à causa, o dia foi recolher o plástico da areia, e o que se pôde ver foram bitucas de cigarro e plásticos de todas as formas e tipos. Entre o micro lixo pode-se destacar:
1.324 bitucas de cigarro
366 tampas de garrafa plástica
87 palitos de madeira
81 talheres de uso único de plástico
29 garrafas pets
 
 
 
Os números são do pequeno trecho da praia, um pouco mais de 1,5 km em 2 horas de coleta de 4 quilos de plástico leve.
Infelizmente esta é a realidade de todas as praias do mundo, um grande descarte de plástico de uso único e bitucas de cigarro que contaminam a água doce, a areia, o mar, causando morte e sofrimento de milhares de animais marinhos.
 
 
 
 
Participe das atividades da Operação Ondas Limpas! DOE ou adquira produtos em defesa dos oceanos em www.seashepherd.org.br/loja
 
 
 
 
 
Pelos oceanos!
 
#OperaçãoOndasLimpas #Trashtag #SeaShepherdBrasil #MafiaDoMergulho