Notícias

Projeto K9 entra na segunda fase nos Galápagos no combate ao finning

No Equador, a Sea Shepherd coopera com um governo interessado em proteger o meio ambiente, e os projetos da entidade refletem isso.

O principal objetivo para 2009 é a distribuição de unidades K9 – cães treinados – nas três mais populosas ilhas da Reserva Marinha de Galápagos.

Em fevereiro foram concluídas as sessões de treinamento, e os cachorros iniciaram seu trabalho na ilha mais habitada, a de Santa Cruz. A tarefa é procurar barbatanas de tubarão ilegais, cavalos marinhos, pênis de leões-marinhos e pepinos-do-mar. No momento, toda a carga que deixa Galápagos através de canais oficiais está sendo monitorada.

No dia 24 de abril, os preparativos em San Cristobal foram concluídos, e três equipes foram transportadas para o local, que abriga o governo central, a base da Polícia e da Marinha. No mês passado, a Sea Shepherd supervisionou a construção de canis e realizou as preparações necessárias para a chegada de guias e cachorros.O chefe da polícia de Galápagos, Coronel Rocha, está muito contente com a chegada dos cachorros a San Cristobal. Ele está ciente da importância desse projeto-piloto, e se comprometeu a dar seu inteiro apoio.

A Sea Shepherd está prestes a iniciar a construção de canis na última das três ilhas, Isabela. É a mais difícil de todas as envolvidas, e é onde a maior parte da caça acontece.

A polícia irá iniciar controle aleatório, através das ilhas, nas próximas semanas.A Sea Shepherd de Galápagos está buscando patrocínio adicional para esse projeto, para cobrir as despesas de construção em Isabela e adquirir uma lancha rápida para auxiliar a polícia a chegar rapidamente aos locais de caça mais distante remotos de caça.

Back to list

Related Posts