Notícias

Navio da Sea Shepherd não está mais sendo perseguido

Sea Shepherd aplaude governo australiano

O capitão Peter Hammarstedt na ponte do SSS Bob Barker. Foto: Glenn Lockitch

Hoje cedo, aproximadamente às 07:30 (horário da Austrália), o navio da Sea Shepherd, SSS Bob Barker, estava no lado leste da Ilha Macquarie quando recebeu a boa notícia de que o navio baleeiro japonês de segurança da frota, o Shonan Maru 2, não tinha chegado a 15 quilômetros da Islândia.

O Capitão do Bob Barker, Peter Hammarstedt, disse: “aproximadamente às 07:00 (horário da Austrália), fomos contatados via rádio pelo comandante da base da Ilha Macquarie, que pediu a posição do Shonan Maru 2, o navio armado do governo japonês que é o cão de ataque da frota baleeira ilegal do Japão. O comandante da base da Ilha Macquarie tinha sido notificado pela Divisão Antártica Australiana para esperar a chegada potencial do Shonan Maru 2. Isso mostra claramente que o governo australiano estava falando sério sobre monitorar a situação”.

Às 07:30 (horário da Austrália), o comandante da base chamou de volta quando viram uma embarcação em seu radar e queriam confirmar sua identidade. O capitão Peter Hammarstedt confirmou que o navio era de fato o Bob Barker, e não o Shonan Maru 2.

Depois de se informar sobre a perseguição do navio armado do governo japonês nos últimos dias, o comandante da base estava preocupado com o bem-estar e a segurança da tripulação da Sea Shepherd, e desejou-lhes uma viagem segura.

“A Ilha Macquarie é na Tasmânia e a Austrália tornou muito claro para o governo do Japão que os navios baleeiros não têm permissão para entrar no limite do mar territorial da Austrália devido à sua recusa em obedecer a uma ordem do Tribunal Federal da Austrália para impedi-los de matar baleias”, disse o Capitão Hammarstedt. “Estou entusiasmado com a maneira que Canberra tem respondido a esta situação na Ilha Macquarie, da mesma forma como se um navio baleeiro que agressivamente entrasse no rio Derwent em Hobart, ou ancorasse provocadoramente no porto de Sydney.”

O Capitão Hammarstedt continuou a dizer: “Como nós levamos a bandeira australiana, minha equipe e eu estávamos muito felizes de estar navegando na bela área listada como Patrimônio Mundial da Ilha Macquarie. É ótimo saber que podemos contar com o apoio do povo da Austrália, e hoje com o governo australiano, que são contra a matança ilegal de baleias no Santuário de Baleias da Austrália”.

O co-líder da Operação Tolerância Zero, Bob Brown, vai realizar uma conferência de imprensa em Brisbane, para relatar esta atualização sobre a saga durante a noite. Brown declarou: “O governo australiano tem agido rapidamente para evitar uma repetição da incursão do ano passado nas águas da Ilha Macquarie. No entanto, o Shonan Maru 2 ignorou esta forte objeção da Austrália invadindo nossa Zona Econômica Exclusiva”.

O diretor da Sea Shepherd Austrália e co-líder da campanha em defesa das baleias, Jeff Hansen, elogiou as ações do Governo Federal, dizendo: “A Sea Shepherd Austrália aplaude o Ministro Federal do Meio Ambiente, o Deputado Tony Burke, em sua resposta rápida a essa questão. Entretanto, não devemos esquecer que estes caçadores de baleias ainda desconsideram completamente a Ordem do Tribunal Federal da Austrália de 2008, navegando profundamente na Zona Econômica Exclusiva australiana. A frota baleeira japonesa não tem nenhum respeito pelo direito internacional, que proíbe a matança de baleias no Santuário de Baleias do Oceano Antártico, e nenhum respeito pelo Tribunal Federal australiano, um tribunal que eles estão desprezando ao matar baleias no Santuário de Baleias da Austrália”.

Com o Bob Barker, agora livre da perseguição, ​​o Capitão Peter Hammarstedt e a tripulação do Bob Barker pode retomar a sua caça pelo navio-fábrica baleeiro, o Nisshin Maru.

O radar do Bob Barker. Foto: Glenn Lockitch

O primeiro imediato do Bob Barker, Carlos Bueno, traça o curso preciso através da Ilha Macquarie. Foto: Glenn Lockitch

Traduzido por Raquel Soldera, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil

Back to list

Related Posts