Notícias

Autor Farley Mowat paga resgate para liberar Capitão e 1º Oficial da Sea Shepherd

Capitão Alex Cornelissen e o Primeiro Official Peter Hammarstedt foram libertados da prisão solitária que ocupavam em Sydney, Nova Escócia, Canadá, na tarde do dia 14 de abril, após Capitão Paul Watson entregar C$10.000 em moedas ao tribunal.

“Nós não vemos as apreensões como um ato legal,” diz Capitão Watson. “Estes homens foram presos dentro de uma embarcação holandesa, em alto-mar, em águas internacionais e por homens armados que se apropriaram de nosso navio Farley Mowat e dos objetos pessoais da tripulação. Isto foi um ato de pirataria e nós não reconhecemos isto como fiança. É um resgate que nós fomos forçados a pagar e já que é um resgate sendo pago a piratas, foi apropriado pága-los com doubloons”.

A moeda de um dólar canadense é chamada de “loonie” e embora a moeda de dois dólares seja chamada de “toonie”, sendo então um loon em dobro, ou seja, um doubloon.

No dia em que foi solto, Capitão Alex Cornelissen foi questionado por repórteres quanto à afirmação do Ministro de Pesca do Canadá, Loyola Hearn, de que o Farley Mowat estava em águas canadenses quando foi abordado. Ao que respondeu: “Hearn é um mentiroso. Nós estávamos a 35 milhas náuticas do litoral quando fomos atacados e nunca chegamos perto do limite de 12 milhas náuticas. Meu navio foi levado por piratas armados debaixo da direção do Ministro da Pesca. Eu suponho que ele precisou fazer algo dramático para distrair o fato de que ele foi responsável pelas mortes de quatro caçadores de focas no mês passado”

A unidade de GPS instalada no Farley Mowat tem um registro dos movimentos do navio e prova que o navio nunca entrou em águas territoriais canadenses.
O pagamento da fiança para liberar os dois officiais da Sea Shepherd foi pago pelo autor e naturalista canadense Farley Mowat.

“Eu paguei a fiança e confirmo agora que usarei qualquer recurso ao meu dispor, monetário ou não, para defendê-los” – disse o ecologista de 86 anos à rede de televisão CBC. “É um resgate de piratas, e isso é justo o que eles são,” – disse ontem Mowat, de sua casa em Port Hope, Canadá. “O grande gênio Ministro da Pesca Loyola Hearn deliberadamente fabricou uma acusação contra o Farley Mowat, quando chamou os “bullies de vermelho” (Guarda Costeira Canadense) para convidar o Farley Mowat para uma situação polêmica, batendo no navio da Sea Shepherd duas vezes. “Foi a Guarda Costeira que instigou isso, não o Farley Mowat” – diz Mowat.

Cornelissen e o 1º Official Peter Hammarstedt descreveram o tratamento dado pelas autoridades canadenses como estranho. Hammarstedt foi acusado por um policial de ser sócio da rede terrorista Al Qaeda e foi questionado sobre quando ele iria fazer o próximo ataque terrorista no estilo 11 de setembro. Peter e Alex permaneceram calados e não disseram nada às autoridades.

“Nossa posição era que estávamos sendo mantidos ilegalmente como prisioneiros, levados de nosso navio, em alto-mar e forçados a entrar no Canadá sob a mira de armas. Nós não cooperamos e não cooperaremos com estas pessoas. Eles agiram ilegalmente” – Hammarstedt disse. “Porém foi fascinante assistir a mente burocrática e vazia em operação. Eles me trouxeram perante um oficial da imigração canadense algemado e tendo em posse somente a roupa que estava no meu corpo. O oficial do Ministério de Pescas havia levado meu dinheiro, meu passaporte e meus pertences, porém o oficial da imigração me perguntou seriamente se eu tinha qualquer coisa a declarar. Ele perguntou se eu tinha alguma arma de fogo, bebida álcoolica ou mais de C$10.000 em espécie comigo. Ele também questionou quanto tempo eu pretendia ficar no Canadá. As ações dele eram claramente robóticas e o homem era incapaz de perceber que eu não poderia estar carregando álcool, armas ou dinheiro vivo! Eu acho que eu poderia ter declarado as algemas, mas eu decidi não dizer uma palavra, o que claramente frustrou a todos”.

Enquanto isso, o Primeiro Ministro Danny Williams chamou Capitão Paul Watson de “terrorista ” em rede nacional de televisão. Quando perguntaram a Capitão Watson sua opinião sobre a acusação, ele respondeu: “O Sr. Williams deveria me prender então ou calar-se”

“Eu nunca fui condenado por qualquer crime grave, não figuro em nenhuma lista de vôo-proibido, não sou barrado na entrada de qualquer país e nunca feri uma única pessoa ou ameacei a vida de alguém” – diz Watson. “Eu sugiro que ele abra um dicionário e procure a definição das palavras antes de usá-las”
Hammarstedt foi deportado para Suécia e Cornelissen para Holanda. Capitão Cornelissen pretende reunir os representantes do governo holandês para informar que houve um ato de pirataria contra uma embarcação holandesa. O navio da Sea Shepherd, Farley Mowat, foi preso sem qualquer explicação ou prova.

* bully é uma palavra em inglês utilizada para descrever alguém que usa seu poder ou força para machucar ou assustar alguém

Back to list

Related Posts