Editorial

Remando pelos oceanos

Por Gary Stokes, Sea Shepherd Hong Kong

Remo da Sea Shepherd. Foto: Sea Shepherd

Nos dias 12 a 14 de junho de 2013, as melhores equipes de canoagem de todo o mundo vão competir na Corrida Olamau no Havaí. Esta corrida cansativa é a final do desafio de canoagem ilimitado. O curso é de 100 milhas, cobrindo alguns dos mais ferozes oceanos ao redor do vulcão na costa norte da Ilha Grande do Havaí. Descrito como a fórmula um do calendário de canoagem, esta corrida não é para os fracos de coração.

Kevin Kelly recentemente se aproximou de mim sobre unirmos forças pelos oceanos, já que a equipe hardcore de remadores de Hong Kong estão entrando na corrida deste ano. Eles querem ajudar a promover os esforços globais da Sea Shepherd para salvar nossos oceanos, enquanto eles competem na frente dos meios de comunicação do mundo e também introduzem a Sea Shepherd Conservation Society para a comunidade global de remo. Eles estão doando 50% de toda a sua angariação de fundos para a Sea Shepherd, os outros 50% de sua arrecadação de fundos eles estão usando para cobrir as despesas da equipe para chegar ao Havaí.

A equipe internacional é composta pelos melhores remadores dos dois clubes mais competitivos de Hong Kong, Lantau Boat Club e o VRC Hong Kong Paddle Club. A equipe está treinando forte aqui em Hong Kong, em preparação. Na verdade, enquanto escrevo esse artigo, já recebi algumas mensagens deles, “remamos 46 km ontem, 38 km hoje e faremos 45 km com sprints amanhã!”

Remos da Sea Shepherd que serão utilizados durante a corrida. Foto: Sea Shepherd

O envolvimento da Sea Shepherd tem sido um esforço conjunto entre a Sea Shepherd Hong Kong e a recém-formada Sea Shepherd Havaí. A equipe vai ajudar a promover a mais recente campanha Operação em Defesa dos Recifes, lançada pela Diretora da Sea Shepherd Havaí, Deborah Bassett. Esta campanha tem como objetivo chamar a atenção mundial para a proteção de nossos recifes da sobreexploração e danos humanos. O aquário vivo e o comércios de peixes de recifes está tendo um efeito sério sobre nossos recifes e em nenhum lugar isso é mais destacado do que no Havaí, onde o comércio de aquário está levando cada vez mais espécies para a extinção.

Com a equipe com sede em Hong Kong, uma campanha muito próxima ao coração da equipe é a questão de barbatanas de tubarão. Hong Kong é o marco zero da indústria de barbatanas de tubarão, com mais de 50% do comércio de barbatanas de tubarão do mundo passando por Hong Kong. A cada ano, mais de 100 milhões de tubarões são mortos para abastecer os mercados asiáticos com barbatanas de tubarão para sopas em banquetes e casamentos em toda a região.

À medida que se aproximar o dia da corrida, atualizaremos com os relatórios de progresso e, claro, nós estaremos cobrindo a corrida e teremos o apoio da Sea Shepherd Havaí em terra e nos eventos da corrida.

Website: http://www.oceanridersforseashepherd.com

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/OceanRidersForSeaShepherd

Contato:
Hawaii: deborah@seashepherd.org
Hong Kong: gary@seashepherd.org

Sea Shepherd vai participar da Olamau 2013. Foto: Sea Shepherd

Anúncio da Sea Shepherd. Foto: Sea Shepherd

Traduzido por Raquel Soldera, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil

Back to list

Related Posts