A matança começou nas Ilhas Faroé

Os carniceiros bárbaros do Protetorado dinamarquês das Ilhas Faroé começaram sua matança medonha mais cedo este ano, com o sangrento abate de 60 baleias-piloto indefesas. Em um mundo no qual nações civilizadas ajudam no resgate de baleias encalhadas, o único lugar do planeta que não demonstra nenhuma misericórdia é este grupo de ilhas situadas entre…