Home » Destaque, Notícias

TEMPORADA DE CAÇA DO ANO DE 2014 ESTÁ ENCERRADA: BALEIAS RESIDENTES DO OCEANO ANTÁRTICO ESTÃO A SALVO

21 março 2014

Tradução: Igor Ramos, voluntário ISSB

A Sea Shepherd Conservation Society está orgulhosa em anunciar que a frota baleeira japonesa deixou as águas do Tratado da Zona Antártica (ATZ), encerrando a temporada de pesca de baleias no local durante o ano de 2014. Em 13 de março de 2014, às 0215 AEDT, o Sistema de Identificação Automático (AIS) sinalizou a saída do navio fábrica japonês – Nisshin Maru – da zona de pesca e ultrapassando o limite de 60ºS. Podemos confirmar que o navio segue rumo ao norte com seu destino marcado: Japão. À velocidade de 10 a 11 nós, o navio deve chegar no seu destino em aproximadamente três semanas.

AIS confirma a saída do navio Nisshin Maru da zona de caça

Desde a última visualização do navio japonês, os navios da Sea Shepherd, The Steve Irwin e The Bob Barker, navegaram e ocuparam as únicas áreas cujo tempo era propício para a caça. Durante esse tempo, o navio Nisshin Maru foi acompanhado por apenas um navio arpoador. Isso apenas confirmou a desastrosa temporada de caça japonesa. Na terça-feira, os arpoadores Yushin Maru No. 2 e Yushin Maru No. 3 começaram a deixar suas posições, a sair de trás dos navios da Sea Shepherd, indicando que estavam ficando sem combustível, por tanto, incapazes de perseguir os nossos navios. Sem ter a posição informada para o navio-fábrica, os navios The Steve Irwin e The Bob Barker seguiram para o norte na tentativa de pressionar o navio fábrica a sair da zona de caça e da zona do tratado antártico.

Em uma década de campanhas, este foi o primeiro ano em que os baleeiros permaneceram com seus AIS ativados, permitindo assim, que a Sea Shepherd soubesse a localização de cada um dos barcos. Com o sistema ativado, foi possível descobrir as auto-designadas zonas de caça e os “esconderijos” utilizados para evitar serem interceptados pela Sea Shepherd. O Capitão Siddharth Chakravarty disse: “Ao entregarem suas localizações e sinalizarem o claro fim da campanha, os baleeiros sinalizaram uma certa rendição. Após um trabalho duro, não lhes sobrou opção se não retornarem para casa e abandonarem a caça. Eu estou imensamente orgulhoso dos nossos esforços e de termos atrapalhado a caça japonesa durante toda a temporada.”

Os capitães da Operação Relentless: Sid Chakravarty, Peter Hammarstedt e Adam Meyerson. Foto: Eliza Muirhead

Desde de a primeira vez em que localizamos a frota baleeira em 5 de Janeiro, a frota da Sea Shepherd perseguiu arduamente os pescadores japoneses, localizando o Nisshin Maru em quatro gravações diferente e perseguindo-o. A expectativa de uma boa temporada foi quebrada após as perseguições e intervenções da Sea Shepherd continuarem. As ações resultaram na filmagem de duas baleias Minke sendo processadas no convés do navio fábrica. O Capitão Peter Hammarstedt falou: “a tardia partida da frota baleeira japonesa é uma prova de que eles tiveram uma temporada desastrosa, e a partida somente na segunda semana de março é um sinal de desespero; o clima já está extremamente impróprio para a caça. Antes de iniciarmos essa campanha, fizemos uma promessa aos nossos clientes – às baleias e aos voluntários ao redor do mundo – de que iríamos conduzir os pescadores para fora da zona de caça. Nós cumprimos a promessa! Nós somos implacáveis, não temos piedade!”

O navio Sam Simon retornou para sua doca em Williamstown, Melbourne, para as boas vindas de um herói. O Bob Barker segue, agora, rumo a Wellington. O Steve Irwin irá retornar a Hobart para honrar o lider da Sea Shepherd e co-lider da campanha relentless, Bob Brown. Ambos os navios deverão chegar por volta de 22 de março. A Sea Shepherd continua a única organização comprometida a proteger o Santuário Antártico Oceânico das Baleias, intervindo diretamente contra as operações ilegais da frota baleeira japonesa.

Link da reportagem original: http://www.seashepherd.org.au/news-and-media/2014/03/13/southern-ocean-whales-are-safe-for-now-whaling-is-over-for-2014-1587

Tripulação da Operação Relentless. Foto: Tim Watters

All Contents Copyright © 2017 Sea Shepherd Conservation Society.

produzido por GPS Digital
EnglishFrançaisDeutschPortuguêsEspañol