Notícias

Sea Shepherd Brasil e Instituto Justiça Ambiental formalizam parceria

O dia 9 de junho é um dia que ficará marcado para todos os integrantes e adeptos das ideologias da Sea Shepherd Brasil. Isso por que foi nesse dia que foi firmada uma parceria entre a ONG e o recém formado Instituto Justiça Ambiental, que apóia também outras ONGS do Brasil. A cerimônia que marcou a abertura oficial dos trabalhos do Instituto Justiça Ambiental ocorreu na sala de eventos da sede da nova ONG.

O evento contou com grandes nomes do Direito Ambiental como por exemplo, o Dr. Vladimir Passos de Freitas, integrante do Conselho do IJA, e Marga Inge Barth Tessler, Desembargadora do Tribunal Regional Federal da Quarta Região. Miguel Milano, da Fundação AVINA – profundo conhecedor e pioneiro no país em projetos voltados para a preservação do meio ambiente – fez a abertura dos trabalhos pontuando a relevância da missão do IJA diante de um cenário de crise ambiental.

Na seqüência o Dr. Vladimir Passos de Freitas discorreu sobre a necessidade do preenchimento da grande lacuna entre a sociedade civil e a efetiva tutela do meio ambiente, de forma a garantir o cumprimento da legislação ambiental e um meio ambiente saudável para as futuras gerações. Letícia Albuquerque, conselheira e Presidente do IJA, reafirmou a enorme importância do trabalho a ser realizado e a necessidade do engajamento para a consecução dos objetivos estatutários.

Daniel Vairo, fundador e diretor geral do Instituto Sea Shepherd Brasil, fez discurso emocionante lembrando de momentos importantes nos dez anos de trabalho voluntário prestados pelo Dr. Cristiano Pacheco em favor da Sea Shepherd Brasil: “Foi logo no início, em meados de 2000 quando o Cristiano, ainda estudante de direito conheceu a Sea Shepherd. Naquela época estávamos reformando uma pequena casa na Rua Bagé, e o Cristiano veio ajudar carregando pedras, pintando e limpando o que seria nosso novo e pequeno escritório “– relembrava Daniel.

Ele completou dizendo que logo mais tarde naquele mesmo ano, os voluntários da Sea Shepherd se mobilizaram para flagrar embarcações pesqueiras que praticavam a pesca de arrasto de forma irregular no litoral gaúcho. “Foi a partir desta ação que o Cristiano começou sua longa e comprometida jornada dentro da organização. A partir das provas coletadas na denominada Campanha X, o Instituto Sea Shepherd, através da liderança do Cristiano ingressou com a primeira ação civil pública no Brasil contra a pesca de arrasto predatória.” Completou Daniel.

Vairo aproveitou a ocasião para merecidamente condecorar com uma medalha o Tenente Coronel Duarte (ex- Comandante da Patrulha Ambiental – PATRAM/Litoral Norte), pelo sucesso absoluto e comprometimento na fiscalização costeira contra a pesca de arrasto ilegal marinho.

Reconhecimento

Graças ao trabalho realizado com seriedade e dedicação, que o advogado especialista em Direito Ambiental, Cristiano Pacheco, vem realizando há quase uma década, em favor da Sea Shepherd Brasil e outras ONGs, recebeu em dezembro de 2008, o convite da Fundação AVINA, instituição que apóia projetos ambientais no Brasil e América Latina, para então integrar a Rede de Líderes AVINA, na direção executiva do Instituto Justiça Ambiental. Sobre isso ele comenta: “Recebi o convite com grande alegria, pois acredito fortemente na missão e nos objetivos perseguidos pelo Instituto Justiça Ambiental”.

Ele comenta ainda de que forma continuará ajudando a vida marinha, agora, na direção do Instituto Justiça Ambiental: “Estando na direção executiva poderei apoiar além da Sea Shepherd, diversas ONGs de todo o país. Temos como intuito traçar estratégias para envolver a sociedade civil de forma que, com nosso apoio e capacitação, ela mesma encontre soluções para seus problemas ambientais locais”, completa Cristiano Pacheco.

Importância das ações da Sea Shepherd no combate ao crime ambiental

O Instituto Sea Shepherd Brasil há uma década vem atuando de forma determinada em favor do cumprimento da legislação ambiental e da proteção do meio ambiente marinho, sempre contando com seriedade, boa vontade e trabalho voluntário cedido por diversos profissionais das mais diversas áreas.

No departamento jurídico, atuando em parceria com empresas privadas de todos os portes, Poder Público, ONGs e principalmente com o apoio de indivíduos que querem fazer a diferença, a instituição vem reafirmando a importância de sua existência e missão, tornando-se uma plataforma para aqueles que estão insatisfeitos com as injustiças ambientais contra a vida marinha.

Back to list

Related Posts