Notícias

PG&E busca aprovação para testes sísmicos na Costa Central da Califórnia, EUA

Com ação ensurdecedora, é provável que milhares de animais sejam aniquilados, incluindo praticamente cada ser vivo em Point Buchon, na Reserva Marinha do Estado

Vista aérea do Diablo Canyon. Foto: Wikipedia

Em um esforço para continuar a operar uma usina nuclear situada em local de terremotos ativos, a Pacific Gas & Electric (PG&E) está buscando autorização para realizar testes sísmicos ao largo da costa central da Califórnia. De acordo com um representante da PG&E em uma reunião informativa, a proposta prevê um navio de 240 pés para rebocar uma matriz de um quarto de milha de largura de 20.250 decibéis de “canhões de ar” ao longo de um trecho de 90 milhas da costa central da Califórnia. Os canhões irão disparar ensurdecedoras explosões submarinas uma vez a cada vinte segundos, dia e noite, durante 42 dias e noites. A região onde este ataque devastador sobre a fauna está previsto para acontecer inclui o “protegido” Point Buchon da Reserva Marinha do Estado.

A decisão ocorre em um momento em que as baleias jubarte e azul apareceram em números surpreendentemente grandes na costa da Califórnia para se alimentar de krill. O teste sísmico vai matar grandes baleias azuis, baleias cinzentas, golfinhos, toninhas, focas, leões marinhos, lontras e peixes. A PG&E se ofereceu para comprar pescas comerciais na área, para compensar perdas antecipadas se o plano for autorizado a ir adiante.

A PG&E tem planos de produzir um mapa 3-D de regiões mais profundas do litoral. Hidrofones na água e geofones no fundo do mar coletariam dados sobre o som, como ele ressoa através do mar e da terra, e os dados resultantes são esperados para ajudar geólogos a mapear terremotos. Nada disso foi feito em águas da Califórnia antes, e de acordo com o Relatório de Impacto Ambiental, o custo sobre a vida marinha a partir deste tipo de teste é impressionante. Em regiões onde este tipo de teste foi feito, inúmeros animais marinhos mortos são depositados em terra durante semanas, durante e depois do teste, com sangue escorrendo em áreas como os olhos, os ouvidos, o nariz ou a boca – um sinal que sofreram hemorragia interna catastrófica.

Este testes sísmicos são esperados para produzir resultados moderados de mapeamento, e de acordo com o Comissário da Pesca e dos Jogos, Richard Rogers, poderia “limpar o Point Buchon na Reserva Marinha do Estado de todos os organismos marinhos vivos”, incluindo cachalotes, cachalores-pigmeu, baleia jubarte, baleia cinzenta e grandes baleias azul, e muitas outras espécies de mamíferos marinhos, de peixes e até de plânctons.

De acordo com o jornalista independente, Dave Gurney, em noyonews.net:

“Cada uma dessas explosões submarinas serão do nível de volume de uma onda de choque, que instantaneamente ensurdece, mutila e possivelmente mata tudo o que estiver no seu caminho. Uma explosão dB 240 é declaradamente como estar um pé de distância da boca de um grande canhão. Para um humano, suas orelhas, ou o que sobrou de suas orelhas, provavelmente nunca pararão de zumbir.  A conseqüências de experimentar este nível de som só pode ser presumido como surdez imediata e permanente – se não pior para a vida marinha. Além de apenas furar os tímpanos, a transferência de ondas de baixa frequência do choque da água-ar-água causa hemorragia dos pulmões, e resultará na morte de mamíferos marinhos – baleias, golfinhos, focas, leões marinhos e lontras – e os peixes.”

O Conselho de Defesa de Recursos Naturais também colocou um aviso informando que as explosões poderiam ensurdecer botos e outros animais marinhos, que dependem do sentido da audição para a sobrevivência.

A usina nuclear de Diablo Canyon foi construída em 1968, na foz costeira de um cânion, acima do Hosgri Fault, então desconhecido. Em 2008, outro buraco previamente desconhecido foi descoberto ao longo da costa. “Nossa posição é que o teste sísmico é uma ameaça não só para as baleias, mas para todos nós, porque permite que a PG&E adie o afastamento da usina nuclear a partir da falha do terremoto”, segundo Stop the Diablo Canyon Seismic Testing.

O testes sísmicos estão previstos para ocorrer a partir início de novembro e início de dezembro deste ano. Agora é o momento de contatar os representantes do Estado da Califórnia para garantir que a aprovação seja negada por este plano mal concebido.

Envie e-mail ou fax para:

Central Coast District Office
Dan Carl, Deputy Director
725 Front Street, Suite 300
Santa Cruz, CA 95060-4508
(831) 427-4863
FAX (831) 427-4877

Envie um e-mail para a Comissão de Pesca e Jogos, aos cuidados de Sonke Mastrup: fgc@fgc.ca.gov

Fale com o Senador Sam Blakeslee e peça para reconsiderar porque testes sísmicos são muito destrutivos em: senator.blakeslee@senate.ca.gov

Senador Sam Blakeslee
4066 State Capitol
Califórnia 95814
Telefone: (916) 651-4015 Fax: (916) 445-8081

Fale com o congressista Lois Capps em:

The Honorable Lois Capps
United States House of Representatives
2231 Rayburn House Office Building
Washington, DC 20515-0523
DC Phone: (202) 225-3601
FAX: (202) 225-5632

Localização da Usina Diablo Canyon e arredores da Reserva Marinha

Animais marinhos na área serão feridos ou mortos pelo teste sísmico. Foto: Simon Ager

Traduzido por Raquel Soldera, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil

Back to list