Editorial

Operação Paciência Infinita 2012-2013 começou

Comentário de Melissa Sehgal, Líder dos Guardiões da Enseada

A temporada 2012-2013 dos golfinhos em Taiji está mais uma vez diante de nós e os Guardiões da Enseada já estão em terra em Taiji. Chegamos à escuridão familiar que paira sobre essa pequena cidade, que tanto se esforça para disfarçar o derramamento de sangue enquanto os turistas continuam se aglomerando nas atrações de golfinhos em cativeiro. Taiji é definitivamente o lugar mais infeliz para os golfinhos.

A matança começa oficialmente em 1º de setembro, e os olhos do mundo estarão mais uma vez focados em Taiji. Os assassinos de golfinhos estão preparando seus barcos, a União dos Pescadores está preparando suas lonas para encobrir seus atos vergonhosos, e barricadas e vigilância policial se multiplicam. Taiji vai longe para impedir que o mundo que o mundo veja suas águas cobertas de sangue.

Como Guardiões da Enseada, somos sentinelas aqui em Taiji para fazer brilhar um holofote internacional sobre as atrocidades…e nossa presença está fazendo diferença. A cada ano menos golfinhos são abatidos, e continuaremos a ser uma força aqui com sua ajuda.

Somos voluntários que vieram de todas as partes do mundo. Sacrificamos o conforto e  proximidade de nossa família, de nossos amigos e nossos empregos porque somos apaixonados pelos golfinhos e não vamos parar enquanto a matança não terminar.

Como em todas as temporadas, os Guardiões da Enseada vão respeitar e cumprir as leis japonesas locais, obedecendo às instruções do Capitão Paul Watson, por sua promessa ao governo japonês. Fazemos isso, apesar de nosso sentimento de profunda tristeza e arrependimento por aquilo que, mais uma vez, estamos prestes a testemunhar, pois se fizermos o contrário, significaria nos colocarmos numa prisão e abandonarmos os golfinhos que dependem de nós para contar sua história. Se, apesar de nossos melhores esforços, acabarmos na cadeia, o mundo vai saber que não foi por algo que fizemos, e sim porque nos atrevemos a tomar uma posição.

Queremos agradecer a nossos apoiadores, que talvez não consigam viajar a Taiji, mas fizeram doações para esta campanha e são uma grande força com a qual podemos contar através das mídias sociais. Vocês estão aqui por solidariedade a nós.

Certifiquem-se de visitar a página da Sea Shepherd no Facebook para estarem atualizados sobre a Operação Paciência Infinita. A campanha dos Guardiões da Enseada deste ano terá também sua própria página no Facebook,para vocês “curtirem”. Por favor, sigam-nos também no Twitter , já que estaremos mais uma vez, “twitando” atualizações ao vivo das linhas de frente.

Se vocês quiserem se juntar a nós como um Guardião da Enseada, ficaremos muito gratos por sua ajuda local. Por favor, escrevam para coveguardian@seashepherd.org para serem voluntários.

Em nome de todos os Guardiões da Enseada, obrigado por estarem conosco, já que mais uma vez vamos testemunhar a vergonha do Japão. Somos todos Guardiões da Enseada.

Junte-se aos Guardiões da Enseada de onde quer que você esteja. Entre em ação para acabar com o abate de golfinhos e baleias inocentes.

Pelos golfinhos,
Melissa Sehgal
Líder dos Guardiões da Enseada

Sobre Melissa Sehgal
Melissa tem viajado pelo mundo em campanhas por várias organizações de proteção aos animais por mais de dez anos. Na última temporada escolheu ser uma voz pelos golfinhos de Taiji, e se juntou aos Guardiões da Enseada. Percebendo sua paixão e força em nome desta causa, ela rapidamente jurou retornar e também liderar uma campanha online, na qual a Amazon.com parou de vender carne de golfinho e baleia. A determinação de Melissa e suas habilidades de liderança provaram ser valiosas para a campanha. Ela retorna para Taiji esta temporada para ser uma Líder local dos Guardiões da Enseada na Operação Paciência Infinita 2012-2013.

Traduzido por Drica de Castro, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil

__________________________________________

Guilherme Pira

Guilherme Pira viajou do Brasil e está em Taiji agora. Ele fala sobre por que ele é um Guardião da Enseada:

“Escolhi deixar o Brasil no momento em que o Núcleo Rio de Janeiro da Sea Shepherd Brasil está crescendo e participando de uma série de eventos em todo o Estado. Eu precisava voltar e continuar participando do que comecei na última temporada. Esta é a segunda vez que estou em Taiji para a Operação Infinita Paciência. Estou tomando parte na luta contra este vergonhoso massacre de golfinhos, realizado por um grupo de pessoas contra criaturas indefesas. Na última temporada, passei três meses monitorando e documentando o que os treinadores e os assassinos de golfinhos fazem com estes inteligentes e belos animais. Eles usam lonas para cobrir o abate, com dezenas de policiais protegendo-os, e até mesmo japoneses nacionalistas tentam nos atacar. Neste momento, estou mais que pronto para fazer o mesmo que fiz antes. Não importa que tipo de obstáculo apareça, porque eu sou um ativista. A raiz da palavra é “ativo” e não aceito que os golfinhos estejam sendo mortos, escravizados e não fazer nada sobre isso. Eu sou um Guardião da Enseada e eu não vou parar até que o abate termine.”- Guilherme Pira

Ajude o Guilherme a permanecer em Taiji até o final da temporada, que termina em março, contribuindo com a quantia que você puder. Toda ajuda é bem vinda, e juntos somos mais fortes: http://www.vakinha.com.br/VaquinhaP.aspx?e=153450

Back to list