Notícias

Navio arpoador japonês entra no limite australiano

news_120109_3_1_yushin_maru_with_gea_tagEncorajados por poderem entrar na zona contígua da Austrália, sem qualquer penalidade, onde deteram e removeram três cidadãos australianos, os japoneses já deram mais um passo, entrando no limite de 12 milhas das águas territoriais da Austrália, em volta da Ilha Macquarie.

O Yushin Maru #3 está atualmente (às 14:00, horário da Austrália) a 5 milhas náuticas ao largo da praia na Ilha Macquarie. O navio da Sea Shepherd, Bob Barker, está tentando alcançar o Yushin Maru #3 em Macquarie.

De acordo com uma ordem de 2008 do Tribunal Federal da Austrália, navios baleeiros japoneses estão proibidos de entrar nas águas territoriais da Austrália.

O Steve Irwin está agora a 400 milhas ao sul da Austrália com o Shonan Maru #2 o perseguindo, a uma distância de 10 milhas náuticas. Os três homens australianos que embarcaram no navio japonês permanecem detidos no navio.

A Ilha Macquarie é também um local de Patrimônio Mundial, e um navio que mata baleias não tem nada para fazer nas águas de um Patrimônio Mundial.

Traduzido por Raquel Soldera, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil

Back to list