Notícias

Defensores de baleias australianos a caminho da Antártida contra a sua vontade

Os ativistas da Forest Rescue, Geoffrey Tuxworth, Simon Peterffy e Glen Pendlebury acabaram de sair da zona exclusiva econômica australiana a bordo do Shonan Maru #2. Eles estão agora em águas internacionais, em direção ao sul, para a costa da Antártida. O Shonan Maru #2 cruzou a linha às 19:15, horário da Austrália Ocidental, a 38 Graus e 12 Minutos ao sul e 115 graus e 02 minutos a leste, exatamente ao Sul da ponta sudoeste da Austrália.

O Shonan Maru #2 está a 16 milhas à popa do Steve Irwin, e os dois navios estão indo ao Sul, para a costa da Antártida, há 1200 quilômetros de distância.

“Parece que os japoneses claramente sequestraram três cidadãos australianos a partir das águas territoriais da Austrália, dentro da zona de 24 milhas náuticas contíguas. Estes homens foram retirados das águas da Austrália contra a sua vontade, sem aduaneiros da Austrália e a depuração da imigração, e eles não têm passaportes”, disse o Capitão Paul Watson. “Eu não posso imaginar três japoneses embarcando num navio australiano, 16 milhas fora do Japão, e serem transportados para a Austrália contra sua vontade e os japoneses tolerarem isso. O Japão agora sabe que deu luz verde para a Austrália intensificar suas táticas agressivas”.

Traduzido por Raquel Soldera, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil

Back to list