Notícias

Espanha junta-se à guerra contra a matança de focas no Canadá

Uma a uma, as nações européias estão condenando a matança cruel de focas no Canadá, enquanto o governo daquele país insiste em apoiar um pequeno grupo de caçadores. Nas últimas semanas, a Espanha juntou-se com os defensores das focas na condenação dessa terrivel matança, votando pela proibição total de todos os produtos de focas na União Européia. O voto do dia 25 de março segue o voto de 17 de março da Irlanda para banir todos os produtos de focas, juntando-se a Holanda, França, Alemanha e outras nações na oposição da matança de focas.

O Canadá está ficando cada vez mais isolado na sua posição em apoio ao massacre anual de centenas de milhares de filhotes de focas. Os membros canadenses do Parlamento e senadores estão recebendo dezenas de milhares de e-mails condenando a matança. Os chamamentos de boicote às Olimpíadas de Inverno 2010 no Canadá seguem aumentando. Manifestações são realizadas em cidades pelo mundo, avisando o governo canadense que já é tempo do país entrar no século 21 e acabar com indústrias selvagens como a da caça às focas.

Alguns políticos canadenses alegam que “estrangeiros não devem interferir em questões canadenses”, mas paradoxalmente a matança só existe para que estrangeiros comprem produtos feitos a partir de focas. O Canadá até ameaçou a retaliação comercial contra nações que se oponham à matança.

“Como cidadão canadense, dou boas-vindas e aplaudo as pessoas ao redor do mundo que exigem o fim destas atrocidades no gelo”, disse o capitão Paul Watson. “A maioria é contra a matança, mas todos os políticos eleitos canadenses, exceto um – senador Mac Harb – apóiam a indústria cruel porque no Canadá os políticos são obedientes à linha partidária, ignorando a voz do povo que os elegeu. Contudo, os políticos não podem ignorar o poder econômico, e esta é a chave para destruir a indústria da caça, retirando os mercados dos produtos de foca”.

A Sea Shepherd Conservation Society aplaude a decisão da Espanha e dá boas-vindas às nações que condenam a crueldade a essas doces criaturas, as focas.

Back to list