Destaque, Notícias

Brasileira voluntária da Sea Shepherd Global na Austrália fala das suas experiências a bordo dos navios e da importância do voluntariado

A brasileira Bia Figueiredo, voluntária da Sea Shepherd Global na Austrália, fez no final do mês de maio palestra na Dive For Fun em São Paulo para contar sobre sua experiência como voluntária. Na ocasião falou sobre o seu trabalho a bordo dos navios nas duas últimas campanhas na Antártica, Relenteless 2013/2014 e Icefish 2014/2015.  Ainda destacou a importância do trabalho voluntário na organização, seja em mar ou em terra.

Bia Figueiredo conta sua experiência como voluntária a bordo dos navios da Sea Shepherd Global

Os convidados participaram com muitas perguntas à palestrante Bia.

A palestra organizada pela Escola de Mergulho e Viagens Dive For Fun (acesse www.diveforfun.com.br)  contou com a participação da Embaixada SP, que apresentou aos convidados as Campanhas Nacionais que estão em andamento no Brasil: Campanha Mar de Sangue, Dirty Sea Project e Cetáceos para Sempre. Saiba mais sobre as campanhas nacionais e acesse: www.seashepherd.org.br

Apresentação: Dive For Fun com ZéGú e Sea Shepherd Brasil com Mara Lott

No bate-papo, a palestra contou com exposição de fotos da campanha à Antártica Icefish, narração das curiosidades a bordo, situações de perigo, cotidiano da tripulação do navio e, o mais importante, os resultados positivos e o sucesso da Campanha Icefish.

Tripulação do navio Sam Simon – Campanha Icefish – foto: SSCS

Frota Sea Shepherd – foto: SSCS

Também houve destaque para a importância do trabalho voluntário em todos os seguimentos da organização, ao exemplo de que sem os voluntários em terra não é possível fazer nada no mar, como também, não menos importante, as doações para as campanhas são possíveis através da doação de suprimentos, equipamentos e dinheiro. Outra forma de ajudar a organização é filiar-se ao adquirir produtos através da loja virtual e stand nos eventos.

Nesta conversa descontraída, não faltaram perguntas ao final da apresentação. Os presentes puderam entender melhor o que esta ONG  faz e ainda saíram com a certeza de que um grupo de pessoas pode mudar o rumo drástico da pesca ilegal e predatória de nossos oceanos.

A vida marinha agradece!

Back to list