Notícias

Bob Barker segue a frota baleeira japonesa em águas francesas na Antártida

A tripulação da Sea Shepherd no pequeno barco encontra o navio arpoador Yushin Maru #3 em águas francesas na Antártida. Foto: Carolina A. Castro

A tripulação da Sea Shepherd no pequeno barco encontra o navio arpoador Yushin Maru #3 em águas francesas na Antártida. Foto: Carolina A. Castro

Às 04:00 (horário da Austrália) da quarta-feira, 04 de janeiro, o Bob Barker seguia a frota baleeira japonesa, 190 milhas ao norte da base francesa de Dumont D’Urville, na Antártida.

Enquanto estava de olho no navio-fábrica japonês Nisshin Maru, o Bob Barker correu em direção a um dos três navios arpoadores, o Yushin Maru #3. Parece que o Yushin Maru #3 ainda não começou as atividades baleeiras, já que seu arpão continua coberto.

A frota baleeira estava desesperadamente tentando evitar ser detectada pela Sea Shepherd, e fugiu mais de 1500 milhas a sudeste, de onde eles foram inicialmente detectados por um drone de reconhecimento implementado pelo Steve Irwin.

O Bob Barker continua a viajar a leste em busca do navio-fábrica japonês, agora seguido de perto pelo Yushin Maru 3. A frota baleeira deixou a zona econômica exclusiva francesa e agora está em águas australianas na Antártida. A Sea Shepherd pode confirmar que a frota baleeira japonesa está agora em águas de território australiano na Antártica.

O Brigitte Bardot danificado, seguido pelo Shonan Maru #2. Foto: Sea Shepherd

O Brigitte Bardot danificado, seguido pelo Shonan Maru #2. Foto: Sea Shepherd

O Steve Irwin e o Brigitte Bardot continuam fazendo progressos rumo a Fremantle, com o Shonan Maru #2 seguindo ambos os navios. O Shonan Maru #2 está agora dentro de 65 milhas da zona econômica exclusiva da Austrália continental.

Como o Nisshin Maru e os navios arpoadores estão se movendo continuamente desde que foram localizados pela primeira vez pela Sea Shepherd, eles não parecem ter tido tempo para matar baleias. Eles sabem que se eles diminuírem a velocidade ou pararem, o Bob Barker vai ficar atrás deles.

O Steve Irwin vai rapidamente reabastecer em Fremantle, e retornará ao Oceano Antártico para ajudar o Bob Barker na intervenção contra as atividades ilegais da frota baleeira japonesa no Santuário Antártico das Baleias da Antártida, em águas de território australiano.

O Yushin Maru #3 atinge a tripulação do barco pequeno da Sea Shepherd, com seus canhões de água, à medida que viajam através de águas francesas da Antártida. Foto: Carolina A. Castro

O Yushin Maru #3 atinge a tripulação do barco pequeno da Sea Shepherd, com seus canhões de água, à medida que viajam através de águas francesas da Antártida. Foto: Carolina A. Castro

A tripulação do pequeno barco da Sea Shepherd segue o Yushin Maru #3 em águas francesas na Antártida. Foto: Carolina A. Castro

A tripulação do pequeno barco da Sea Shepherd segue o Yushin Maru #3 em águas francesas na Antártida. Foto: Carolina A. Castro

A tripulação do pequeno barco da Sea Shepherd se aproxima do Shonan Maru #2. Foto: Sea Shepherd

A tripulação do pequeno barco da Sea Shepherd se aproxima do Shonan Maru #2. Foto: Sea Shepherd

O Yushin Maru #3 visto da tripulação do pequeno barco da Sea Shepherd. Foto: Carolina A. Castro

O Yushin Maru #3 visto da tripulação do pequeno barco da Sea Shepherd. Foto: Carolina A. Castro

Traduzido por Raquel Soldera, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil

Back to list