Notícias

Sea Shepherd expande o Quadro de Diretores dos Estados Unidos dando as boas vindas a três novos membros

A Sea Shepherd Conservation Society está crescendo e se tornando mais ativa a cada ano. O acesso a cada vez mais recursos é o que tem tornado isso possível. Sempre afirmamos que fazemos o que podemos, o melhor que podemos, com os recursos disponíveis.

Também sempre acreditamos que precisamos de um Quadro de Diretores que reflita a diversidade de talentos, habilidades, experiências e imaginação.

Por essa razão, estamos aumentando o número de diretores do nosso quadro para nove.

Atualmente, temos o músico Anthony Kiedis, o físico Dr. Bonny Schumacher, o fotógrafo marinho Bob Talbot, a atriz e musicista Persia White, o professor da UCLA e astrônomo Dr. Ben Zuckerman e o capitão Paul Watson.

Mais duas mulheres e um homem estarão agora se juntando a esses quatro homens e duas mulheres, para formar um quadro de diretores de cinco homens e quatro mulheres.

Estamos orgulhosos de dar as boas vindas a Lani Blazier, Marnie Gaede e Peter Reiman ao Quadro de Diretores da Sea Shepherd.

Lani Blazier

news_120220_1_1_Lani_BlazierLani tem mais de 12 anos de experiência no campo da mídia e tecnologia digital, em uma diversidade de papéis que incluem produção para TV, gerente para comunidade e produtora de videogames. Seu histórico profissional inclui o trabalho com empresas ganhadoras de prêmios, tais como a NCsoft, como produtora de um jogo online de multijogadores em massa (massive multiplayer online, MMO), o Aion. Em 2011, ela foi contratada pela 343 Industries, baseada em Kirkland, Washington, como Produtora de Criação de Franchising, para trabalhar com a equipe Halo interna do Microsoft Game Studios.

Lani tem apoiado a Sea Shepherd por toda uma vida e foi tripulante em três campanhas principais. Ela estava, portanto, muito contente de ser honrada com o pedido para ter assento no Quadro de Diretores. Lani vê isso como uma oportunidade de combinar suas preocupações profundas com os oceanos do mundo e sua paixão por comunicações e comunidades online. Lani foi a tripulante mais nova a servir numa embarcação da Sea Shepherd. Sua primeira participação foi aos 10 anos de idade, em uma viagem de San Diego à Key West Florida pelo canal do Panamá, para proteger golfinhos da indústria do atum.

A Sea Shepherd busca sua especialização nessas áreas para ligar a Sea Shepherd ao crescente movimento juvenil que se sente atraído por suas estratégias de ação direta. O objetivo de Lani é continuar a construir a presença online da Sea Shepherd através da mídia social, de videogames e da interação em comunidade.  Ela está, atualmente, colaborando com os voluntários do Reino Unido para o desenvolvimento de um videogame Sea Shepherd.

Lani tem sido uma jogadora ávida desde sua adolescência, conquistando a cena na primeira equipe feminina canadense plenamente patrocinada para o jogo Halflife: Equipe Counter-Strike, um jogo de ação tática de ritmo rápido. Recentemente, ela trabalhou com uma equipe de homens e mulheres para planejar e realizar um GeekGirlCon 2011 inaugural em Seattle.

Além de sentir atração pelo mundo da ficção científica, Lani adora todas as coisas relacionadas às atividades aquáticas; portanto, foi natural para ela assumir o posto de salva-vidas para se sustentar durante a faculdade. Tendo sido criada na costa do pacífico, ela passou tempo fazendo trilhas nas montanhas da North Shore e esquiando em Blackcomb/Whistler. Entre sua vida profissional e seus compromissos familiares, Lani encontra tempo para ser voluntária em uma organização de resgate e abrigo de animais para cães que buscam sua casa ‘para sempre’.

Ela também é filha do capitão Paul Watson.

Marnie Gaede

news_120220_1_3_Marnie_GaedeMarnie Gaede é escritora, editora e publicadora de numerosos livros e artigos. Ela ensina Questões Ambientais no Art Center College of Design, em Pasadena, Califórnia, desde 1993. Ela serviu como conselheira no quadro de diretores da Duke University Primate Center no final dos anos 1990. Marnie tem estado envolvida com a Sea Shepherd Conservation Society desde 1989, e trabalhou em apoio a diversas campanhas e publicações. Ela serviu como diretora da Sea Shepherd Conservation Society de 2000 a 2002, além de ter servido como conselheira por 10 anos. Marnie está, atualmente, trabalhando no quadro da Galapagos Preservation Society e Grizzly People. Desde 2000, ela tem estado no quadro, e é a atual presidente, do Fund for Wild Nature, um quadro só de voluntários que investe em organizações de base e de ponta, com esforços de conservação que vão de encontro às necessidades de proteção da biodiversidade e a vida selvagem.

Peter Rieman

news_120220_1_2_Peter_RiemanPeter Rieman é o Chefe de Operações e cofundador da Retail Solutions Inc. Nos últimos 8 anos, ele ajudou a construir e expandir a Retail Solutions para se tornar a empresa líder de administração de sinal por demanda. Atualmente, a Retail Solutions realiza a operação de serviço SaaS para usuários 500 CPG, com 57 distribuidores em 12 países. A empresa tem, hoje, 250 empregados e possui escritórios em 5 países.

Peter iniciou sua carreira em prática de estratégia no The Boston Consulting Group (BCG). Após deixar o BCG em Munique, ele juntou-se à Granger Associates, na Califórnia, onde teve a responsabilidade de administração de perdas e ganhos em seu negócio bem sucedido de transmissão de dados internacional. A DSC adquiriu a Granger Associates por 320 milhões de dólares e tornou-se a Alcatel North America.

Na Consilium, agora parte da Applied Materials, Peter foi presidente de divisão com responsabilidade de perdas e ganhos para o produto MES, voltado aos mercados de semicondutores e de aeroespacial e defesa. Sob a liderança de Peter, a Consilium expandiu seus negócios e seus parceiros de negócios na Ásia de modo significativo, enquanto transformava o produto UNIX em SQL.

Mais recentemente, Peter administrou a expansão americana da Esker SA, uma empresa de software francesa que tornou-se pública em 1997. Ele construiu o negócio americano através de aquisições de quatro empresas e dois produtos. Os resultados dessas aquisições, hoje, constituem mais de 70% da renda da empresa.

Peter é engenheiro de materiais e minerais pela Chalmers University na Suécia e MBA pela Stanford University.

O motivo que me faz assumir uma posição no quadro de diretores da Sea Shepherd: Sinto-me apaixonado pela preservação dos oceanos como parte da vida que nos rodeia. Ao longo dos anos, tenho conhecido o Paul Watson e acumulado respeito por sua capacidade de realizar mudanças de fato. Como membro do quadro, tenho a esperança de poder aplicar alguma da minha experiência em negócios para a contínua melhora da Sea Shepherd Conservation Society.

Traduzido por Carlinhos Puig, voluntário do Instituto Sea Shepherd Brasil

Back to list