Notícias

Curso de salvamento de animais marinhos é realizado no Rio de Janeiro

Por Luiz André Albuquerque, Diretor Regional Voluntário do Instituto Sea Shepherd Brasil, Núcleo Estadual Rio de Janeiro

Nos dias 26 e 27 de novembro de 2011, o Instituto Sea Shepherd Brasil, através do Diretor Geral, Wendell Estol, ministrou pela segunda vez no ano o curso de Salvamento de Animais Marinhos em Derrames de Petróleo, na cidade do Rio de Janeiro.

Fotos: Gisele Pontes/ ISSB

Fotos: Gisele Pontes/ ISSB

Desta vez, através de uma parceria formada com o Grupo de Mergulho Estácio de Sá – GMES, localizado dentro da Fortaleza de São João, no bairro da Urca, e que tem o comando do Major Luiz Cláudio Ferreira, 28 alunos, dentre os quais servidores públicos de municípios que encontram-se em zona de risco de derrame e colaboradores de empresas que realizam a limpeza e retirada de petróleo de zona afetadas por derrames,  puderam se capacitar a atender animais petrolizados.

O curso foi realizado com grande participação dos alunos que, demonstrando bastante interesse, debateram os mais diversos assuntos relacionados ao tema, possivelmente pelo curso ter sido realizado em período próximo ao vazamento de óleo ocasionado pela empresa americana Chevron, no Campo de Frade, na Bacia de Campos.

Fotos: Gisele Pontes/ ISSB

Fotos: Gisele Pontes/ ISSB

Todos puderam aprender as técnicas de como realizar um salvamento com qualidade, primeiramente em sala de aula e depois, ao final do curso, foi realizada uma simulação de um resgate de um golfinho na praia.

Fotos: Gisele Pontes/ ISSB

Fotos: Gisele Pontes/ ISSB

È importante ressaltar que comumente são encontradas diversas espécies de animais marinhos cobertos de petróleo no litoral brasileiro, sendo as aves, pingüins, baleias e peixes, os primeiros a sofrerem as conseqüências do derramamento de petróleo.

Foto: ISSB

Foto: ISSB

O Instituto Sea Shepherd Brasil pretende oferecer o curso junto aos órgãos públicos no Estado, por estar localizada no litoral do Rio de Janeiro, na Bacia de Campos, a maior província petrolífera do Brasil, responsável por mais de 80% da produção nacional de petróleo, além de possuir as maiores reservas provadas já identificadas.

Foto: Henrique Ávila/ ISSB

Foto: Henrique Ávila/ ISSB

Tendo o Brasil uma grande extensão litorânea, há a necessidade de cada vez mais pessoas estarem capacitadas para desenvolver e auxiliar nos resgates de animais vítimas de derrames de petróleo.

Ainda são poucos os órgãos públicos e as organizações que podem atender com eficiência em caso de uma grande vazamento, face a extensão que o dano fatalmente acarretará, especialmente pela falta de preparo humano e de equipamentos adequados.

Back to list