Notícias

Baleeiros japoneses reconhecem o sucesso da Sea Shepherd

Operação Sem Conciliação foi oficialmente reconhecida pelos baleeiros japoneses como uma vitória para a Sea Shepherd Conservation Society (SSCS)

Steve Irwin e Yushin Maru

Destaques do “Relatório de Navegação da Segunda Fase do Programa Japonês de ‘Pesquisa’ de Baleias na Antártida em 2011/2012”

– Autores:
1) Instituto de Pesquisa de Cetáceos
2) Kyodo Senpaku Kaisya Ltd.

Infelizmente, as atividades de pesquisa foram interrompidas várias vezes por um grupo anti-caça à baleia (SSCS).

Capitão Paul Watson: Esse era o objetivo no entanto, isto deve ser alterado para: Infelizmente, as atividades baleeiras ilegais comerciais foram interrompidas várias vezes por um grupo anti-caça à baleia (SSCS).

Como resultado,  a dedicação à pesquisa de observação planejada foi cancelada em toda a área de pesquisa, porque os dois Yushin Maru tiveram que se dedicar à tarefas de segurança.

Capitão Paul Watson: Dois dos três navios arpoadores foram retirados do jogo para toda a temporada. Grande vitória.

A atividade de investigação do SSV (Yushin Maru Nº 1 – o navio arpoador chumbo) também foi interrompida várias vezes.

Capitão Paul Watson: dois foram totalmente interrompidos e o terceiro parcialmente interrompido. Amei o reconhecimento.

A distância total de pesquisa foi de 3.040,5 milhas náuticas por frota, que foi de aproximadamente um terço da distância de pesquisa em “normalidade” (antes da intervenção da SSCS).

Capitão Paul Watson: uma notícia maravilhosa. Eles anseiam pelos dias antes da intervenção da SSSC.

As atividades de pesquisa do Programa Japonês de ‘Pesquisa’ de Baleias na Antártida em 2011/2012 foi novamente interrompida pela SS (SSCS), primeiro durante o levantamento de trajeto do Japão para a área de pesquisa, e em todo o período de pesquisa 2011/2012.

Capitão Paul Watson: Sim, nós os obrigamos seguir do oeste da Austrália para o Mar de Ross, fazendo-os perder uma grande quantidade de combustível e tempo. Essa era a nossa intenção, e que foi realizada.

A fim de garantir segurança para os navios de pesquisa e seus tripulantes, os navios programados para a observação tiveram de dedicar muitos de seu tempo previsto para a pesquisa para tarefas de segurança. Foi muito lamentável e decepcionante informar que este grande investimento – dedicação à observação na Antártida – teve de ser cancelado na temporada 2011/2012.

Capitão Paul Watson: Sim, muito lamentável e muito decepcionante. Não para nós, é claro. Ótimos resultados, em nossa opinião.

As embarcações de “pesquisa” foram freqüentemente atacadas pelo grupo anti-caça à baleia (SSCS), e a pesquisa foi interrompida em várias oportunidades.

Capitão Paul Watson: Os caçadores foram freqüentemente lembrados de que suas atividades matando baleias no Santuário de Baleias do Oceano Austral não são bem vindas.

Como conseqüência, os navios YS3 e YS2 tinham que se dedicar a procurar e monitorar os navios do grupo anti-baleeiros a maior parte do período de pesquisa.

Capitão Paul Watson: Isso foi, naturalmente, a nossa intenção de mantê-los longe de matar baleias, e estamos muito satisfeitos com os resultados.

Infelizmente, a atividade de pesquisa foi interrompida por mais de 15 dias por violentas atividades dirigidas à sabotagem da SS. Portanto, a pesquisa de grande parte do Mar de Ross na Área V, Leste-Norte Área V, Oeste-Norte Área VI e algumas outras partes tiveram de ser canceladas.

Capitão Paul Watson: SIM!! Cancelada – amei isso!

A indústria baleeira japonesa sofreu outra derrota humilhante esta última temporada nas mãos de voluntários apaixonados, dedicados a acabar com operações ilegais de baleeiros japoneses no Santuário de Baleias do Oceano Antártico. A Operação Sem Conciliação foi um completo sucesso e uma grande vitória para as baleias.

Clique aqui para ver o relatório completo do Instituto de Pesquisa de Cetáceos (em inglês).

Traduzido por Raquel Soldera, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil

Back to list