Notícias

Robert Kennedy Jr. inspira participantes na conferência de imprensa da Sea Shepherd

Robert F. Kennedy Jr. Foto: Daniel Schwen

Na segunda-feira, 11 de fevereiro, a Sea Shepherd realizou uma conferência de imprensa no National Press Club, em Washington, EUA, para anunciar que tinha apresentado um recurso no Supremo Tribunal dos EUA contra o Instituto de Pesquisa de Cetáceos (ICR) japonês – uma frente subsidiada pelo governo para fins de caça comercial de baleias. A ação veio em resposta a uma liminar altamente irregular proferida em dezembro pelo Tribunal de Apelações do Nono Circuito dos Estados Unidos, em favor do Instituto de Pesquisa de Cetáceos, que preliminarmente condena a Sea Shepherd EUA por navegar “perigosamente” e “agredir fisicamente”, e que mantenha 500 metros de distância dos navios baleeiros do Instituto de Pesquisa de Cetáceos japonês.

A Sea Shepherd soube depois que o nosso pedido foi negado, mas temos a intenção de apresentar novamente uma petição e estamos esperançosos de uma decisão favorável.

Os oradores da conferência de imprensa incluíram o advogado principal para a Sea Shepherd EUA, Charles Harris Moure, de Seattle, Washington, juntamente com a Diretora Administrativa da Sea Shepherd, Susan Hartland, e o Diretor de Inteligência e Investigações, Scott West. A eles solidariedade se juntou o estimado Procurador Ambiental e Presidente da Waterkeeper Alliance, Robert F. Kennedy Jr., que fez um discurso muito inspirador e provocante sobre a importância do papel da Sea Shepherd em aplicar a lei de conservação em alto-mar.

Um grande obrigado ao Sr. Kennedy Jr. por tomar parte na conferência de imprensa ao lado da Sea Shepherd. Somos gratos pela sua solidariedade, suas palavras inspiradoras, e por compartilhar nossa missão vital de cumprir a lei de conservação nos Estados Unidos e ao redor do mundo.

Traduzido por Raquel Soldera, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil

Back to list