Notícias

Instituto Sea Shepherd Brasil Realiza Oficinas De Educação Ambiental No Amapá

Nos dias 28 de novembro e 01 de dezembro de 2013, o Coordenador Jurídico e Diretor Regional Rio de Janeiro, Luiz André Albuquerque, e a Coordenadora Regional Rio de Janeiro, Gisele Pontes, realizaram oficinas com atividades pedagógicas sobre preservação marinha para os estudantes da Escola Municipal Fortaleza, localizada no Bairro Igarapé da Fortaleza.

Sob a orientação de Gisele Pontes, as oficinas iniciaram-se com informações sobre a preservação do meio ambiente e dos animais marinhos, descarte correto dos resíduos sólidos (lixo) e em seguida, foram realizados jogos e pinturas, atividades lúdicas que contribuirão com a formação de crianças e jovens do ensino fundamental.

Foto: Instituto Sea Shepherd Brasil

 

O objetivo foi enfatizar a necessidade da conservação do habitat das espécies existentes na localidade e sensibilizar as comunidades para que protejam as praias, os rios, os igarapés, os botos cinza, o pescado na época do defeso, etc.

“Os valores e o meio ambiente são temas que devem ser sempre trabalhados. É um trabalho permanente e contínuo” – salientou Gisele.

 

Foto: Instituto Sea Shepherd Brasil

Glauciane Braga, professora da escola, comentou que as atividades realizadas pelo instituto vão ajudar outros projetos desenvolvidos para os alunos. “Todos os anos, orientamos os alunos sobre a conscientização do meio ambiente. Essa equipe do Instituto Sea Shepherd Brasil, que trabalha de uma forma diferenciada, vai dar um suporte a mais para a escola”, informou.

Para a aluna Yanna Gomes, da 4ª série, é sempre importante aprender a preservar o meio ambiente. “Na escola, a gente também estuda sobre reciclagem e que não se deve jogar lixo na rua. Quando eu como bombom na rua, sempre coloco a casca dentro da bolsa para jogar no lixeiro de casa”, destacou.

Também foram realizadas atividades de educação ambiental com as crianças moradoras da Apa (Área de Preservação Ambiental) da Fazendinha, além de ministrarem duas palestras na Universidade Estadual do Amapá – UEAP, para alunos do ensino fundamental e para alunos dos cursos de engenharia de pesca e biologia.

 

Foto: Instituto Sea Shepherd Brasil

 

Foto: Instituto Sea Shepherd Brasil

Nas duas palestras realizadas na UEAP, os membros do ISSB abordaram a missão e as atividades realizadas pela organização no Brasil e no exterior, através de um caráter motivacional para despertar a responsabilidade dos participantes na disseminação do conhecimento e ampliar o trabalho em defesa do meio ambiente marinho.

 

Foto: Instituto Sea Shepherd Brasil

 

Foto: Instituto Sea Shepherd Brasil

 

Foto: Instituto Sea Shepherd Brasil

 

Foto: Instituto Sea Shepherd Brasil

 

Decorrente do trabalho realizado em Macapá, os representantes do ISSB foram convidados pelos principais meios de comunicação locais para entrevistas, como o SBT Amapá (sendo uma entrevista ao vivo no estúdio da emissora), a Rede Record, o programa Café Com Notícias, o Diário do Amapá e o Jornal do Dia, o que foi importante para divulgar a necessidade de preservação dos ecossistemas ribeirinhos e marinhos.

O Instituto Sea Shepherd Brasil deseja implementar uma série de atividades na região norte do país, visando chamar a atenção para a proteção do boto cinza, do boto cor-de-rosa, do peixe boi e dos manguezais, importantes ecossistemas para diversas espécies marinhas.

 

Back to list