Notícias

Dançando com máquinas mortíferas no fim do mundo

Sábado, 1 de Janeiro de 2011

Oceano antártico – 62 graus 30 minutos sul & 147 graus 25 minutos oeste 1100 horas
AEST

 

“Que ótima forma de começar o ano novo”, afirmou o capitão do Gojira, Locky MacLean, do Canadá. “Nossas três embarcações dançando perigosamente entre os blocos de gelo fechados em confronto com os três navios arpoadores da frota baleeira japonesa. Isto é tanto mortal quanto lindo. Mortal por causa do gelo e pela hostilidade dos baleeiros, e lindo por causa do gelo e pelo fato destes três navios assassinos não estarem matando baleias enquanto estão preocupados em conflito conosco.”

Os três navios arpoadores Yushin Maru, Yushin Maru #2 e o Yushin Maru #3 tentaram bloquear os navios da Sea Shepherd –  Steve Irwin, Bob Barker e Gojira – da perseguição ao navio fábrica Nisshin Maru.

Toda frota baleeira japonesa está envolvida no conflito, e enquanto eles estão preocupados conosco não estão matando baleias. Os navios da Sea Shepherd estão perseguindo o lento navio fábrica Nisshin Maru, enquanto os rápidos navios arpoadores japoneses estão perseguindo a frota da Sea Shepherd. Apesar de sua velocidade, os navios arpoadores não são mais rápidos que o Gojira, com o auxílio de fiscalização aérea do helicóptero da Sea Shepherd Nancy Burnet, está no encalço do abatedouro flutuante Nisshin Maru.

“Nós pegamos eles antes de conseguirem matar uma sequer baleia. Eles não estão caçando hoje e nosso desafio agora é ter certeza que não matarão nenhuma baleia nos dias seguintes,” disse o líder da campanha da Sea Shepherd o Capitão Paul Watson.

Este ano a Sea Shepherd tem a capacidade de manter um dos seus navios na cola da frota baleeira por toda a duração da temporada de caça às baleias dos japoneses que normalmente termina no meio ou fim de março. “Nosso objetivo é salvar o maior número de baleias maximizando as perdas financeiras dos baleeiros ao mesmo tempo.” Disse o capitão Watson em
uma declaração no oceano Antártico.

O Embate entre os baleeiros e as embarcações anti-baleeiras hoje envolveram várias perseguições em alta velocidade e colisões enquanto os navios evitavam as enormes pedras de gelo de um endurecido iceberg azul boiando dispersa e irregularmente. Os baleeiros viraram seus canhões de água de alto poder e mangueiras na tripulação da Sea Shepherd, enquanto a Sea Shepherd
respondia com algumas substancias de odor fétido bastante desagradável. Não houveram feridos.

“Nós não temos nenhuma morte até agora,” disse o capitão do Bob Barker, Alex Cornelissen da Holanda. Pretendemos fazer todo o possível com os recursos disponíveis para nós termos certeza que as mortes jamais ocorrerão. Precisamos, e esperamos que eles se matenham fugindo.”

Tripulantes do Yushin Maru No.3 usam canhões de água de alta pressão contra tripulantes do Bote Delta

Tripulantes do Yushin Maru No.3 usam canhões de água de alta pressão contra tripulantes do Bote Delta

Os navios da Sea Shepherd encontraram a frota baleeira japonesa em águas remotas à exatas 1700 milhas náuticas a sudoeste da Nova Zelândia em 31 de dezembro de 2010. A frota japonesa havia recém partido do Japão e não havia começado suas operações de caça às baleias quando a Sea Shepherd os interceptou.

Janeiro 1, 2011
Primeiro engajamento entre a frota da Sea Shepherd e Baleeiros Japoneses nesta campanha

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=buSTNY48G_M[/youtube]

 

A tripulação do Yushin Maru No 2 usa suas mangueiras de alta pressão de água para combater a Sea Shepherd

A tripulação do Yushin Maru No 2 usa suas mangueiras de alta pressão de água para combater a Sea Shepherd

Steve Irwin em perseguição à frota baleeira

Steve Irwin em perseguição à frota baleeira

O Yushin Maru no.2 e Yushin Maru no.3 com o zodiac da Sea Shepherd a seu lado

O Yushin Maru no.2 e Yushin Maru no.3 com o zodiac da Sea Shepherd a seu lado

Frota Japonesa de Baleeiros em fuga da Sea Shepherd

Frota Japonesa de Baleeiros em fuga da Sea Shepherd

O Steve Irwin e o Helicóptero Nancy Burnet helicopter em perseguição ao Yushin Maru

O Steve Irwin e o Helicóptero Nancy Burnet em perseguição ao Yushin Maru

Traduzido por Tomaz Horn, voluntário do ISSB.

Back to list