Notícias

Uma bizarra exibição da autoridade policial em Taiji, no Japão

news_120312_1_1_Japanese_nationalists_accost_Cove_GuardiansOs acontecimentos de hoje, 12 de março, em Taiji, vão além da compreensão. Cinco Guardiões da Enseada, de três nações, estão ali monitorando os assassinos de golfinhos e os golfinhos que estão em cativeiro. Uma gangue de nacionalistas japoneses apareceram na Enseada esta manhã, e quando viram os Guardiões, os nacionalistas reagiram violentamente. A reação dos nacionalistas, no entanto, não é algo inesperado. O que realmente nos surpreendeu foi a reação da polícia.

A polícia, que supostamente tem autoridade e armas, deixou os nacionalistas agirem contra os Guardiões de uma maneira que, seguramente, levaria os Guardiões à prisão, caso agissem da mesma maneira com os assassinos de golfinhos. Novamente, não estamos, particularmente, surpresos com estes acontecimentos e já esperávamos por isto.

O que é desconcertante é a forma como a polícia lidou com o assunto mais tarde. A polícia disse à Melissa, líder dos Guardiões da Enseada, que os Guardiões provocaram a polícia ao nadar na enseada no início desta semana. Em outras palavras, a polícia está nos tratando como, às vezes, tratam uma vítima de estupro, culpando-a por ter usado uma saia curta.

Mais tarde, os apelos da polícia para que os Guardiões ficassem longe da enseada por causa dos nacionalistas, começaram a revelar a real preocupação. A polícia tem medo dos nacionalistas. Como isso pode ser possível?

Os Guardiões voltaram para o estacionamento da enseada e a polícia ficou bastante animada. Não estamos violando a lei, os nacionalistas estão violando a lei. Em seguida, os Guardiões foram comunicados que os nacionalistas tinham ido para o hotel à procura dos Guardiões. Falei com os líderes da polícia por telefone e perguntei por que eles estavam com medo dos nacionalistas e os encorajei a fazer o seu trabalho. Os líderes da polícia não tinha nada a dizer.

Os nacionalistas voltaram para a enseada e a polícia obrigou os Guardiões a entrarem em seus carros e se retirarem de Taiji. Então as coisas tornaram-se verdadeiramente bizarras. Os nacionalistas começaram a perseguir os carros da polícia que estavam conduzindo os veículos dos Guardiões. Em alguns momentos, haviam mais de 10 veículos em um comboio, em alta velocidade, viajando para o sul de Taiji. As sirenes estavam tocando e luzes estavam piscando. Ficou claro que os nacionalistas estavam controlando a situação.

O comboio entrou no grande complexo da polícia em Kushimoto. A polícia bloqueou os veículos dos Guardiões atrás dos portões. Nós não sabemos onde os nacionalistas foram. Os Guardiões estão na delegacia e neste momento (15:45 no Japão, em 12 de março de 2012) e não temos comunicação com eles.

Nós iremos fornecer atualizações no decorrer deste dia que se desdobra no Japão.

Scott West
Coordenador da Campanha Guardiões da Enseada

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=WsVkOvFyN_o&list=UUy4USOAZL_kea2M259tIZLw&index=2&feature=plcp[/youtube]

Japoneses de direita nacionalistas abordam a Guardiões Cove no estacionamento
muito perto de The Cove, em Taiji, no Japão

Vídeo: Japoneses nacionalistas abordam Guardiões no estacionamento próximo à Enseada, em Taiji, no Japão

Traduzido por Dani Vasques, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil
Back to list