Os golfinhos precisam da sua ajuda!

Os Guardiões da Enseada precisam substituir equipamentos necessários.

Comprador de carne em Taiji. Foto: Sea Shepherd

Mais uma vez a polícia na prefeitura de Wakayama nos mostra que estamos sendo eficazez na Operação Paciência Infinita. Os policiais invadiram o hotel de todos os Guardiões da Enseada no Japão e apreenderam cartões SD, telefones e computadores. A polícia diz que levará pelo menos duas semanas até que os itens sejam devolvidos.

Aparentemente, o ataque é em resposta ao dano causado a uma estátua por um ato descuidado de um voluntário Guardião da Enseada. Mas é mais que isso. Mantendo todo esse equipamento confiscado por tanto tempo, a polícia está efetivamente impedindo nossas comunicações. Eles não querem que nós divulguemos as atrocidades. Eles não querem o envio de atualizações pelo Twitter. Eles não querem que a gente publique fotos e vídeos da crueldade infligida sobre os golfinhos lá. Eles não querem que lembremos ao mundo que o Japão é desonroso e vergonhoso. Além disso, a perda de comunicação compromete a segurança dos bravos voluntários.

Em dezembro de 2011, a polícia japonesa conduziu falsas alegações e acusações contra o Guardião da Enseada Erwin Vermeulen. Erwin foi finalmente declarado inocente das acusações em um tribunal japonês e as autoridades ficaram envergonhadas. Durante a “investigação”, a polícia apreendeu nossos computadores, o que teria nos prejudicado, se não tivéssemos substituído rapidamente o equipamento e o colocado em uso. Muitos apoiadores em todo o mundo reagiram e fizeram doações para ajudar a Sea Shepherd a substituir o equipamento e voltar à campanha.

Agora a polícia japonesa está se utilizando de um infeliz incidente e estão tentando transformá-lo em algo que não é. Nós certamente não queríamos que a estátua fosse danificada. Somos muito claros em nossas instruções para os Guardiões da Enseada de que não vamos tolerar a violação de qualquer lei japonesa. Além disso, a polícia usou a desculpa de outra “investigação” falsa para prejudicar nossas comunicações. Nós não vamos deixá-los prevalecer, e com a sua ajuda, vamos levantar os fundos necessários para substituir o equipamento necessário pelos Guardiões da Enseada. Precisamos de cerca de US$ 4.000 para substituir o equipamento e configurar os serviços e conexões necessárias para manter a campanha em frente. Por favor, ajude-nos a levantar esses fundos! Qualquer valor a mais será usado para locação de veículos, combustível, serviço de telefone, Internet, etc.

Continuamos a monitorar a captura e transporte de golfinhos selvagens para parques marinhos e aquários ao redor do mundo. Estes lugares lucram com o tormento dos golfinhos. Não há nenhuma razão legítima para capturar e manter golfinhos e outros cetáceos em cativeiro. Estamos trabalhando para acompanhar os golfinhos que recentemente foram levados de Taiji. Nós documentamos um homem ocidental envolvido nesta transferência e vamos publicar a sua identidade e seu destino, uma vez que tivermos esta informação confirmada.

Faça sua doação: https://my.seashepherd.org/NetCommunity/SSLPage.aspx?pid=184

Pelos oceanos,
Scott West
Coordenador da campanha Guardiões da Enseada
Sea Shepherd Conservation Society

Polícia de Taiji. Foto: Sea Shepherd

Traduzido por Raquel Soldera, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil