Home » Notícias

Sea Shepherd pede proteção imediata aos golfinhos ameaçados na Nova Zelândia

10 abril 2012

Golfinhos mortos presos em redes de emalhar. Foto: DOC NZ

Os golfinhos de Maui e de Hector estão listados como criticamente em perigo.O golfinho de Maui (Cephalorhynchus hectori maui) é uma subespécie do golfinho de Hector (Cephalorhynchus hectori), e ambos são endêmicos na Nova Zelândia.

Uma pesquisa recente identificou a população de golfinhos de Maui entre 55 a 79 , sendo a próxima categoria em extinção. O Plano de Gestão de Ameaças, publicado pelo Ministro da Pesca e do Departamento de Conservação, após vários anos de consulta com a indústria de pesca e outras partes interessadas, identificou o uso de redes de emalhar com filamentos de nylon introduzido na década de 1970 como responsável número um pela morte dos golfinhos de Maui e de Hector.

A investigação científica, realizada ao longo de três décadas pelos doutores Liz Slooten e Steve Dawson, da Universidade de Otago, mostra que não há áreas bem protegidas em águas costeiras da Nova Zelândia que detenha o seu rápido declínio. Nos últimos quarenta anos, as populações de golfinhos de Maui caíram de 1.000 para 55, e em estimativas atuais, os golfinhos de Hector caíram de 30.000 para 7.000.

Mãe e filhote golfinho de Maui. Foto: Steve Dawson

O golfinho de Maui será diretamente o primeiro cetáceo marinho no mundo a ser extinto, devido o impacto humano, a menos que você o ajude!

Por favor, junte-se a uma iniciativa global, apoiada pela Doutora Barbara Maas da NABU International, para exigir a proibição das redes de emalhar no habitat dos golfinhos de Maui e de Hector.

Apoie esta proibição, assinando abaixo a petição para proibir as redes de emalhar nas águas costeiras da Nova Zelândia: http://www.change.org/petitions/stop-the-extinction-of-hector-s-maui-s-dolphins

Será necessária mais proteção de outras ameaças no habitat costeiro dos golfinhos de Maui: pesca de arrasto, poluição, mineração marinha. Nós trabalharemos para isto também, mas o mais importante é deixar o governo da Nova Zelândia saber que vocês não irão deixar que o golfinho de maui seja extinto.

Traduzido por Ana Dias, voluntária do Instituto Sea Shepherd Brasil

All Contents Copyright © 2017 Sea Shepherd Conservation Society.

produzido por GPS Digital
EnglishFrançaisDeutschPortuguêsEspañol