Home » Destaque, Notícias

Petrechos de pesca e resíduos sólidos são foco de limpeza subaquática realizada na Praia Vermelha, no Rio de Janeiro

22 março 2017

No dia 18 de março de 2017, um nublado dia de sábado, o Sea Shepherd Brasil – Núcleo RJ participou de uma ação ambiental idealizada pelos parceiros do Projeto Verde Mar e Mergulho Carioca, juntamente com a Coral de Fogo Diving Experience, em comemoração ao Dia Mundial da Água.

Foto: Luiz Albuquerque – Sea Shepherd Brasil

O objetivo desta ação foi coletar petrechos de pesca e resíduos sólidos no fundo do mar da Praia Vermelha, no Rio de Janeiro.

Onze mergulhadores participaram do evento que busca informar para um maior número de pessoas, a conscientização ambiental sobre a questão do lixo nos oceanos, além, é claro, de limpar um pouco do meio ambiente neste cartão postal da cidade.

Foto: Luiz Albuquerque – Sea Shepherd Brasil

Foto: Luiz Albuquerque – Sea Shepherd Brasil

 

Os esforços foram direcionados para o costão do lado sul da praia (lado direito), local onde vários pescadores costumam ficar, mas para a felicidade de todos, conseguimos encontrar um quantidade bem menor de resíduos, do que normalmente é coletado.

Infelizmente, também nos deparamos com uma tartaruga marinha, da espécie verde (Chelonia mydas), com resto de linhas e um pedaço de rede de pesca enroscada em uma das nadadeiras. Apesar da tentativa, não conseguimos liberá-la, pois estava muito arredia, o que era natural pela condição em que se encontrava.

Esperamos que ela seja residente e possamos retirar estas linhas e o pedaço de rede desta tartaruga, em um próximo mergulho.

Foto: Caio Salles – Projeto Verde Mar

 

Foto: Caio Salles – Projeto Verde Mar

Entre outros detritos sólidos, foram recolhidos:

05 (cinco) latas de alumínio; 01 (uma) garrafa de vidro; 01 (um) pé de bota; 13 (treze) fragmentos de sacolas plásticas; 04 (quatro) copos plásticos; 01 (uma) garrafa PET de 2 (dois) litros; 01 (uma) panela; 01 (uma) caneca de metal; 6 (seis) fragmentos de pano; 03 (três) fragmentos de papelão; 01 (uma) tesoura grande; 08 (oito) canudos plásticos; 06 (seis) velas de ignição de carro (usadas como peso para pesca); 03 (três) chumbos de pesca e 07 (sete) fragmentos de embalagens plásticas.

Este é um trabalho que precisa ser contínuo. Como exemplo, temos o trabalho realizado pelos nossos amigos do Projeto Verde Mar, que já recolheram cerca de 90 (noventa) kilos de detritos do fundo do mar da Praia Vermelha (local principal de suas atividades), em um ano de limpezas subaquáticas.

“Sempre procuramos catalogar o que é retirado do ambiente marinho, buscando identificar as principais origens dos problemas ambientais relacionados à poluição por resíduos sólidos nos oceanos, visando propor possíveis soluções.” – disse Caio Salles, fundador do Projeto Verde Mar.

Imagem de Amostra do You Tube

Vídeo Link https://www.youtube.com/watch?v=eVOa-p0cmMI

Crédito: Vídeo realizado pelos nossos parceiros do Projeto Verde Mar durante o evento.

O Núcleo Rio de Janeiro realiza este tipo de ação ambiental corriqueiramente e estamos agradecidos por sempre termos ótimos parceiros ao nosso lado.

O futuro do planeta depende da preservação da água.

Faça sua parte !!!

Se desejar entrar em contato com o Núcleo RJ do Sea Shepherd Brasil, escreva para nucleorj@seashepherd.org.br.

 

All Contents Copyright © 2017 Sea Shepherd Conservation Society.

produzido por GPS Digital
EnglishFrançaisDeutschPortuguêsEspañol